Opinião Filme: Lilo & Stitch

De: Chris Sanders, Dean Deblois | Género: Animação | Classificacão: M/4 | 2002 | 95 min.

SINOPSE: Entra a bordo com LILO & STITCH, a hilariante comédia familiar da Disney que deliciou audiências em todo o mundo, numa encantadora história sobre o poder da lealdade, da amizade e da família.

Com a lendária música de Elvis Presley e um irresistível elenco de personagens, o mais recente êxito da Disney é uma aventura repleta de emoção e diversão!

Nas paradisíacas e exuberantes ilhas Havaianas, uma pequena rapariga órfã chamada Lilo adopta o que julga ser um inocente cachorrinho. Ela dá-lhe o nome de Stitch, desconhecendo que ele é na realidade o perigoso resultado de uma experiência genética que fugiu do seu planeta. O único interesse de Stitch em Lilo é usá-la como um escudo humano para escapar aos caçadores de prémios apostados em levá-lo de volta.

Mas é a inabalável crença de Lilo em 'ohana' (a tradição familiar havaiana) que conquistará o coração de Stitch, dando-lhe a única coisa para a qual ele nunca esteve preparado - a capacidade de se preocupar com outra pessoa.

Opinião Documentário: Um de nós

2017 | 13+ | 1 h 35 min | As realizadoras Heidi Ewing e Rachel Grady foram nomeadas para um Óscar pelo seu documentário de 2006, "Jesus Camp".

SINOPSE: Três judeus hassídicos enfrentam o ostracismo, a ansiedade e o perigo quando abandonam a comunidade ultraortodoxa onde viveram experiências traumáticas.

Workshop | Academia de culinária VEGAN - Gabriela Oliveira | Final

Após a primeira parte, vamos lá continuar, o que estão a achar até agora? (╹◡◠)

Workshop | Academia de culinária VEGAN - Gabriela Oliveira | Início


Finalmente consegui assistir a um dos famosos workshops da Gabriela Oliveira na sua Academia de Culinária Vegan, e foi de sonho! Já tinha assistido a workshops da autora na feira do livro, mas esta experiência é outro nível! (♡ ꇴ ♡)

Opinião: Uma Vida à Sua Frente | Romain Gary

SINOPSE: Publicado sob o pseudónimo Émile Ajar, Uma Vida à Sua Frente valeu a Romain Gary o seu segundo Prémio Goncourt, em 1975. Esta comovente história de amor é narrada por Momo, menino árabe que aos três anos é entregue aos cuidados de Madame Rosa, prostituta reformada e sobrevivente de Auschwitz. Por ela, Momo sobe e desce quando necessário os seis andares que a saúde de Rosa não lhe permite transpor. Por ela, guardará segredo do seu «buraco judeu» e não a deixará sozinha no momento em que o abandono total se quer impor. Através dos olhos de Momo, acedemos a uma franja invisível da vida parisiense, descrita com ironia, humor, ingenuidade e perspicácia, propondo uma reflexão poderosa sobre o preconceito, a solidão e o encantamento do medo. Foi um dos maiores êxitos de Gary, com milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, traduções em mais de vinte línguas e várias adaptações ao cinema.

Opinião: Traição LIVRO | V. S. Alexander


Inspirado na história verdadeira dos alemães que combateram os nazis

SINOPSE: Um romance apaixonante e comovente sobre o movimento Rosa Branca, que enfrentou os nazis e pagou o preço definitivo.

No verão de 1942, quando a guerra alastra pela Europa, começam a surgir panfletos anónimos perto da Universidade de Munique que alertam para as atrocidades nazis. A estudante Natalya Petrovich sabe quem está por detrás dos panfletos - um grupo secreto chamado Rosa Branca. Como enfermeira na frente russa, Natalya testemunhou os horrores da guerra em primeira mão. Quando decide entrar no círculo Rosa Branca, sabe que cada palavra sussurrada pode significar a morte às mãos da Gestapo.

Mas a jovem decide arriscar tudo na esperança de que o poder dessas palavras encoraje outros a resistir. Infelizmente, o perigo pode esconder-se até entre aqueles em quem mais confia, e, quando tudo ameaça desmoronar, só há uma decisão a tomar. Baseado na verdadeira história do Rosa Branca - o movimento de resistência de jovens alemães contra o regime nazi -, Traição narra a história de uma mulher que, durante um dos períodos mais negros da História, arriscou tudo para enfrentar a tirania.

Opinião Série Documental: Hitler's Circle of Evil

2017 | 13+ | 1 Temporada | Documentários históricos | Com: Alisdair Simpson, Henrik Jørgensen, James Lowe

SINOPSE: O círculo íntimo de líderes nazis de Hitler, que sobrevive a lutas de poder, traições e conspirações, assume o controlo da Alemanha e traça o seu trágico futuro.

11 de Outubro | Dia Internacional da Rapariga

O Dia Internacional da Rapariga observa-se anualmente a 11 de outubro.

A data foi instituída em 2011 pela Organização das Nações Unidas, através da Resolução 66/170, com o objetivo de promover a proteção dos direitos das raparigas de todo o mundo e de acabar com a vulnerabilidade, a discriminação e a violência que estas sofrem. Em 2012 celebrou-se a data pela primeira vez.

Muitas raparigas continuam a ser impedidas de estudar e são obrigadas a casar pelas famílias. Para chamar a atenção sobre os problemas, por todo o mundo realizam-se atividades neste dia que visam promover os direitos das raparigas e das adolescentes.

Dados mundiais sobre as raparigas

  • Existem 1,1 mil milhões de raparigas no mundo.
  • Uma em três raparigas casa antes dos 18 anos nos países em desenvolvimento, o que aumenta a probabilidade de violência pelo parceiro.
  • 700 milhões das mulheres de hoje casaram antes dos 18 anos e um terço destas casou antes dos 15 anos.
  • As raparigas pobres têm 2,5 vezes mais hipóteses de casar na infância do que as raparigas ricas.
  • 7 milhões de raparigas menores engravidam por ano nos países em desenvolvimento.
  • 40% das gravidezes não são planeadas, com grande parte deste número a resultar de violações.
  • Mais de 3 milhões grávidas não têm acesso a planeamento familiar e cerca de 40% das jovens procuram contracetivos sem êxito.
  • Entre 100 a 142 milhões de raparigas terão sido submetidas a mutilação genital.
  • 31 milhões de raparigas em idade de escola primária e 34 milhões em idade do secundário não vão à escola.

Fonte do texto: calendarr.com