Opinião: P.S. - Eu Amo-te | Cecelia Ahern

SINOPSE: Quase todas as noites Holly e Gerry tinham a mesma discussão - qual dos dois se ia levantar da cama e voltar tacteando pateticamente o caminho de regresso ao apetecível leito? Comprar um candeeiro de mesa-de-cabeceira parecia não fazer parte dos planos, e assim o episódio da luz repetia-se a cada noite, num rito conjugal de pendor cómico a que nenhum desejava pôr termo. Agora, ao recordar esses momentos de pura felicidade, Holly sentia-se perdida sem Gerry. Simplesmente não sabia viver sem ele. Mas ele sabia-o, conhecia-a demasiado bem para a deixar no mundo sozinha e sem rumo. Por isso, imaginou uma forma de perpetuar ainda por algum tempo a sua presença junto da mulher, incentivando-a a viver de novo. Mas como se sobrevive à perda de um grande amor? Holly ter-nos-ia respondido: não se sobrevive! Mas Holly sobreviveu!

Há ANOS que eu andava para ler este livro, depois de ver o filme que é um dos meus preferidos de sempre, e foi o que inspirou a minha viagem à Irlanda - que hei-de partilhar convosco aqui no blog - só descobri que este livro era baseado num livro após ter visto o filme, e fiquei tão revoltada na altura! Há filmes que logo na introdução adicionam a nota: "based on a novel" e nesse caso eu deixo logo de ver o filme, procuro o nome do livro e o filme fica em standby até ter lido o livro - a não ser que esteja no cinema, mas nesse caso não acontece pois antes de investir num bilhete de cinema investigo se é baseado num livro. ( ゝ∀・)

Eu leio SEMPRE primeiro o livro antes de ver o filme, e como odeio spoilers, se eu vejo um filme primeiro, depois não vou ler o livro, de facto, esta foi a primeira vez na minha vida em que eu li o livro depois de ver o filme, e talvez por isso o meu entusiasmo com este livro tenha sido tão escasso, devido ao facto de o livro e o filme serem tão, mas tão diferentes, que de facto, se formos a ver, não têm quase nada a ver um com o outro... >⌓<。Mas o problema não é a diferença nas histórias, por exemplo, no "O Diário da Nossa Paixão" o filme também difere em muito do livro, mas gostei tanto de um como de outro...

A Cecelia Ahern é uma das autoras de que mais gosto, já li vários livros desta autora, sendo o meu preferido «Um Encontro com a Vida», no entanto é uma autora que, apesar de se ler sempre muito bem, devido à fluidez de escrita, humor e introspectividade, há livros dela que já li e amei, e outros que não me aqueceram nem arrefeceram... E infelizmente este livro foi um desses casos... as expectativas também estavam muito elevadas.

Está tão diferente do filme, que senti que estava a ler algo completamente diferente da história como a conheço, por isso aquela impressão de estar a ser assaltada por spoilers nem sequer aconteceu, o problema é que eu gostei muito, mas mesmo muito mais da história do filme do que a do livro... tanto que a personagem do filme e a do livro são muito diferentes, considero a Holly do filme com muito mais garra e força, interessante e divertida e a Holly do livro muito mais choninhas e auto-piedosa e desinteressante, nunca vou conseguir dizer como teria sido esta minha leitura se nunca tivesse visto o filme mas, conhecendo-me, diria que era mais um daqueles livros da Cecelia que se lê muito bem, que é o I-D-E-A-L para as pessoas mais românticas, as que adoram chorar com as pedras da calçada, fãs de comédias românticas, com um trio de amigas muito malucas, que torna este livro numa comédia dramática romântica, e quem aprecia o género vai adorar, sem dúvida!

E mesmo não me tendo entusiasmado com esta leitura, li num instante, tal como leio todos os da Cecelia, conto até os ler a todos, adoro o drama e introspectividade presente em todos eles, o sentido de humor, a escrita, neste aqui o que eu menos gostei, de facto, detestei, foi a enjoativa sucessiva auto-piedade da Hollly, que não me cativou e não consegui gostar desta personagem do livro, ao contrário do que eu sinto com a o filme, achei o filme mais original e bem construído e mais bonito, a sequência de acontecimentos mais romântica e dramática, mesmo assim todos os livros da Cecelia valem a pena serem lidos, pela sua originalidade e introspectividade!

Sem comentários:

Publicar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑