As Nove Magníficas | Helena Sacadura Cabral

Nove rainhas que ousaram ir além do seu papel, marcaram a diferença e ficaram para a História
SINOPSE: Nove rainhas que ousaram ir além do seu papel, marcaram a diferença e ficaram para a História de Portugal.

É no contributo das mulheres para a construção do país que Portugal é hoje que se centra este livro. Helena Sacadura Cabral apresenta uma leitura pessoal da História de Portugal e realça o papel das mulheres ao longo dos séculos.
Muitas venceram crises profundas, ultrapassaram guerras, desafiaram os papeis convencionais que lhes estavam destinados. Falamos de rainhas, regentes, mães, esposas, diplomatas e políticas, nove mulheres notáveis que deixaram a sua marca e influenciaram o destino de Portugal. Eis o olhar e a empatia de uma mulher de hoje sobre o passado.

Depois de ter lido «Os Nove Magníficos» e ter amado a leitura, quando saiu este senti logo uma enorme ânsia por o ler e que bem me soube esta leitura! Adoro história, especialmente quando é a nossa, e ainda mais sendo sobre personagens femininas marcantes da nossa história, não podia perder esta leitura!

Adoro a forma como a Helena Sacadura Cabral narra os acontecimentos históricos, num mix delicioso de narrativa histórica com opinião própria e um toque pessoal de interpretação própria e pessoal, ou seja: fala das personagens históricas como os seres humanos que não, e não na perspectiva angelical e super-heróis como outros fazem parecer que foram.

Escreve de uma forma que eu adoro, muito honesta e despretensiosa, tal como o autor João Morgado. Uma vez, uma pessoa disse-me, de uma forma algo depreciativa: "parece que estão a escrever numa perspectiva de anti-herói, parece que querem fazer parecer que éramos uns selvagens, interesseiros, violentos, ...".

Meus amigos.... qual é a surpresa? Se ainda hoje o somos, isso e mais, não haveríamos de ser mil vezes pior há 100/200/500/600 /... anos atrás? Qual o problema de os nossos "heróis" terem os seus defeitos tipicamente humanos, ou até mesmo terem sido umas valentes bestas, se o mundo era assim naquele tempo, não que justifique as atrocidades cometidas, mas é para isso que serve a história, e estas leituras, para aprendermos com a história e não voltarmos a cometer os mesmos erros do passado.




Eu adoro ler na perspectiva "anti-herói", adoro saber o que está por detrás dos vilões, a perspectiva da pessoa como humana que é, no seu todo, com os seus feitos e defeitos, por exemplo: adoro o Vasco da Gama, se ele fizesse o que fez nos dias de hoje, odiaria o homem profundamente, mas a história é o que é, dentro do contexto histórico em que ele viveu, o que lutou e conquistou, eu adoro o homem, agora os tempos são outros, e felizmente, aos poucos e poucos a humanidade está a evoluir para melhor, apesar de ainda ter tanto caminho pela frente... 

Este livro é o ideal para quem se quiser começar a estrear na leitura de livros sobre a história de Portugal, pois apesar de não ser um romance histórico, está narrado de tal maneira, carregado de aventura e drama que parece que estamos a assistir a uma novela, lê-se a excelente ritmo, entretém enquanto estamos verdadeiramente a aprender, adoro!

👉🏻 Wook | Bertrand 👈🏻

Sem comentários:

Enviar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.