Opinião: A Grande Árvore | Susanna Tamaro

SINOPSE: O protagonista desta história é um abeto que, ao longo dos séculos, venceu inúmeras adversidades e viveu momentos importantes, como o dia em que conheceu os imperadores da Áustria ou a ocasião em que o quiseram transformar em violino. Por isso, haverá para ele destino mais inglório que acabar os dias a fazer de árvore de Natal? Crik, um esquilo que nunca teve outra morada senão o abeto, não consegue compreender tamanha crueldade, e agora está disposto a fazer tudo para devolver o velho amigo ao seu habitat, nem que para isso seja preciso… um milagre. Uma fábula moderna e encantadora sobre a amizade, a natureza e o poder imenso da fé.

Cada vez gosto mais desta autora, já meti na cabeça que vou ler todos os livros traduzidos em Portugal, a sua escrita é brutalmente introspectiva, num ritmo frenético que eu adoro, é sempre uma narrativa muito humana, brutalmente honesta e realista, com um toque de fé muito subtil, sinto como se as suas palavras me saíssem directamente do coração...

Esta é uma história que nos liga à natureza, às árvores e aos animais selvagens - os não humanos, claro, pois o que há mais são animais da raça humana selvagens... - é a história de uma árvore com centenas de anos, fascinada com a humanidade, pois nesta história os animais, árvores, plantas e outros seres vivos são dotados de consciência humanizada, essa árvore dá abrigo a animais, dá sombra, oxigénio, e é a inveja de outras árvores e plantas do seu meio, mas como vive feliz consigo própria e com as suas pequenas criaturas, não dá importância à mesquinhice que a rodeia...

Até ao dia em que é cortada, pura e simplesmente para servir de enfeite, como árvore de natal, durante umas semanas nada mais nada menos no que na Praça de São Pedro, no Vaticano, para depois ser descartada para o aterro como se nada fosse, como lixo... e assim seria, se não fosse o seu inquilino, o nervoso esquilo Crik.





É uma história que chega ao coração tanto dos mais pequenos como dos adultos, escrito com uma sensibilidade e honestidade fascinantes, em forma de conto/fábula, com um toque de magia própria de quem acredita em milagres...

👉🏻 Wook | Bertrand 👈🏻

Sem comentários:

Publicar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑