Opinião: Encontro com o Destino | Lesley Pearse

Podemos tentar fugir-lhe. Podemos tentar mudá-lo. Teremos sempre de o enfrentar…
SINOPSE: Camellia Norton perdeu o pai quando era apenas uma criança. Depois disso, não pensou que a tragédia voltasse a bater-lhe à porta tão cedo. Mas aos 15 anos o seu destino sofre nova reviravolta quando a mãe é encontrada morta, vítima de um aparente suicídio.
É então que Camellia entra finalmente no quarto da mãe, uma divisão da casa que lhe estivera proibida desde sempre. E o que a jovem encontra é devastador. É a derradeira prova de que a sua vida até então não passa de uma mentira.
De coração partido, decide partir para Londres, uma metrópole vibrante e plena de oportunidades, mas ao mesmo tempo um antro sombrio de tentações e perigos - em especial para uma jovem inocente em busca de aceitação e amor.
São negros os tempos que se seguem… mas a sua coragem nunca esmorece. Camellia dá então início ao longo percurso que irá revelar toda a verdade sobre o seu passado… e sobre o mais íntimo de si própria.
Em Encontro com o Destino, Lesley Pearse fala-nos de fragilidade, perda e más escolhas, mas também de compaixão e perdão - e relembra-nos que o amor é a única força capaz de tudo ultrapassar.
Encontro com o Destino é a continuação da história de Ellie e Bonny, as inesquecíveis protagonistas de Até Sempre, Meu Amor.


Já li TODOS os livros traduzidos da Lesley Pearse em Portugal, é sem dúvida a minha autora internacional preferida (♡∀♡) Ora, supostamente este livro é a continuação do «Até sempre, meu amor» e de facto é, a questão aqui é que não compreendo o motivo pelo qual a Lesley transformou este livro num brutal livro de suspense e mistério, quando quem leu o primeiro livro sabe bem o que aconteceu e quem é quem.... teria de haver esse mistério para a personagem em si se desenvolver e irmos acompanhando a sua evolução, mas há ali um foco sinceramente exagerado - e extenso! - no mistério, a dada altura até comecei a ficar com dúvidas se me lembrava bem da história anterior!

Portanto, para quem for a ler aproveitar a carga de mistério e suspense presente neste livro, deveria de começar por este antes de ler o «Até sempre, meu amor», e depois ler o primeiro como se de uma prequela se tratasse....  
Prequela: Obra cinematográfica ou literária cuja história ou enredo serve de antecedente a uma já existente.

Outra novidade é a carga sexual que a Lesley deu a este livro, mesmo na saga Belle, que  envolve muita prostituição, não tem a carga erótica que este livro carrega, até eu que não sou fã de eróticos achei fascinante a forma com a autora explorou este tema, retratando de uma forma fabulosa a essência dos loucos anos 60/70: Sexo, drogas e Rock'n Roll!!

Durante o enredo vão surgindo nomes de músicas da época que estão a acompanhar o enredo, e também notícias de acontecimentos históricos daqueles tempos, o que dá um brutal realismo à narrativa. Tal como todos os livros de Lesley, a narrativa é crua, dura, honesta, chocante, envolvente e emocionante, que nos desperta todos os tipos de sentimentos, sempre com personagens femininas que passam pelos infernos e se conquistam a si próprias!

Lesley, pura e simplesmente ♡

👉🏻 Wook | Bertrand 👈🏻

2 comentários:

  1. Lesley é simplesmente um universo. O que começou com a compra de mais um livro tornou se num vício, só me falta mais um livro para completar a coleção traduzida em português. Comecei hoje Um encontro com o destino e já estou viciada.

    ResponderEliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑