Opinião: Romeu e Julieta | William Shakespeare

A obra-prima de um dos maiores escritores de todos os tempos.
SINOPSE: A ilustre edição da mais apaixonante história de amor de todos os tempos. Nova encenação no Teatro da Trindade sob direção artística de Diogo Infante.
Este é um livro para a vida de toda a gente, acredita Mega Ferreira, que isso mesmo escreveu no prefácio desta nova (e belíssima) edição de Romeu e Julieta.
Publicada em volumes in quarto em 1597 e 1599, a obra é ambientada numa Verona dilacerada por disputas e lutas sangrentas, e conta a história de dois trágicos amantes, Romeu Montéquio e Julieta Capuleto, descendentes de duas dinastias rivais e separados por uma vingança cruel.
Uma obra magistral romântica e violenta, plena de drama e sensualidade e pontuada por deliciosos trocadilhos. Romeu e Julieta é um hino à juventude, aos seus amores proibidos e paixões desmedidas e uma das obras imortais de William Shakespeare.
Ora, eu não sou minimamente lamechas, de facto, é algo que não suporto, mas a nível de histórias românticas para mim não há nenhuma mais linda do que a história de Romeu e Julieta... eu li o livro - a versão de Shakespeare - quando tinha uns 8 anos e fiquei encantada, já li várias versões e já vi várias adaptações cinematográficas, também diz muito de mim esta ser a minha história de amor preferida de tão trágica que é, apesar de ter a vertente lamechas, porque não haja dúvida de que a versão de Shakespeare carrega ali um bocado na dose de lamechice, mas é um género lamechas, na minha opinião, tão bonito, tão original, tão cheio de classe, de sinceridade, que até a mim me cativou! E sendo o maior dramaturgo da história, drama é o que não falta aqui!! Drama, drama,  DRAMA!! E eu sou fascinada por histórias dramáticas!
A minha versão preferida de Romeu e Julieta até agora é sem dúvida a de Anne Fortier, que é baseado na história verídica de Romeu e Julieta - sim, caros leitores, eles existiram! - A história verídica foi passada ao longo dos anos por várias mãos/autores, mas foi a versão de Shakespeare a mais famosa de todas, ele deu-lhe um toque mais romântico e menos violento que a original, mas eu gosto de ambas as versões e sou grande fã de Shakespeare!
Adorei o facto de terem mantido - através de um glossário numerado, e esses números vão aparecer junto ao diálogo e depois basta irmos lá consultar - os pormenores da história original dentro do seu contexto histórico, e a devida explicação pela qual determinada expressão foi usada, o que quer dizer e também o contexto cultural/geográfico que era usado, excelente trabalho!
Esta versão da Clube de Autores está pura e simplesmente maravilhosa, a capa é linda, as letras grandes e redondinhas, gosto tanto de ler livros assim, a tradução está magnifica, não encontrei falha alguma, está aqui um livro soberbo que honra bem este clássico e este autor, amei!

👉🏻 Wook | Bertrand 👈🏻

Sem comentários:

Publicar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑