Opinião: Julieta | Anne Fortier

O que aconteceria se o casal de amantes mais célebre e infeliz da literatura universal, Romeu e Julieta, tivessem de facto existido?
SINOPSE: Julieta, um ambicioso e sedutor romance, segue a odisseia de uma jovem que descobre que as origens da sua família remontam aos amores frustrados dos dois maiores amantes da literatura: Romeu e Julieta. Quando Julie Roberts herda a chave de um cofre em Siena, Itália, dizem-lhe que conduzi-la-á a um tesouro de família. A jovem lança-se numa jornada tortuosa e perigosa, mergulhando na história da sua antepassada Julieta, cujo amor lendário por um jovem chamado Romeu abanou os alicerces da Siena medieval. À medida que Julie se cruza com os descendentes das famílias envolvidas no inesquecível conflito familiar de Shakespeare, começa a perceber que a conhecida maldição - «Malditas sejam as vossas casas!» - continua actual e que ela é o alvo seguinte. Parece que a única pessoa capaz de salvar Julie é Romeu - mas onde está ele?

Fiquei pura e simplesmente obcecada por este livro, de tal maneira que até o levava comigo para a hidroginástica/fisioterapia, apesar do peso anormal que tem para o tamanho (é muito pesado, não percebo porquê), a fisioterapeuta estava sempre a queixar-se porque eu andava com aqueles pesos se andava a tratar das pernas e das costas, já era pesado levar o saco desportivo com o necessário quanto mais com um livro daquele peso. Lia uma folha antes de entrar na piscina e mal saía do duche lia mais um pouco, com cuidado para não o molhar, a caminho do fisioterapia (era só descer as escadas) ia a ler até que pedi para me passarem a colocar um emplastro que me metiam nas costas posado na maca e eu deitava-me de costas em cima dele, de modo a ficar de barriga para cima para poder ler, porque pura e simplesmente não conseguia parar de ler. (Claro que quando era para levar as massagens dolorosas e fazer os exercícios lá tinha eu de o pousar para depois me pirar o mais depressa dali possível para ir para casa ler!)

Eu sou uma eterna apaixonada por "Romeu e Julieta", desde que me lembro que existo. Não me considero romântica e quem me conhece usaria muitas frases para me descrever menos essa, provavelmente. Sou conhecida por não gostar de lamechices. Mas esta história é muito especial para mim... E remota do tempo em que eu era romântica, era apaixonada, era crente no amor... É a única história que ainda faz o meu coração pulsar algo românticamente. É especial!

Este livro muda TUDO! A história está lá, Romeu e Julieta estão lá, mas a história é MUITO diferente! No entanto o essencial da história está lá, as personagens também, e honestamente gostei muito mais desta versão realista dos acontecimentos (supostamente a autora escreveu esta história baseada em factos reais!). Eu sempre disse que a história tinha acontecido mesmo, Shakespeare simplesmente se tinha inspirado nela, mas nunca ninguém tinha acreditado em mim... Olhem só a prova que arranjei! E a história verdadeira passou-se em Viena, e não em Verona. ;) Acho que sempre tive uma ligação especial a esta história por sentir de alguma forma que tinha mesmo acontecido...

Por isso fiquei obcecada com o livro. Com a história. Com as personagens. Envolvida no vai e vem entre o passado e do presente que é narrado no livro. Num capitulo estamos a viver a história da descendente de (não vou dizer quem) da história de Romeu e Julieta e no outro estamos lá, no ano em que Romeu e Julieta existiram mesmo! E no outro lá voltamos ao presente para mais aventuras, num thriller vertiginoso, carregado de aventura e revelações chocantes, e no outro momento lá estamos nós com eles outra vez no passado, onde tudo aconteceu e COMO tudo aconteceu...

Quem gosta de coisas muito lamechas, mantenha-se com a versão de Shakespeare. Este livro tem o nível certo de realismo e frieza que eu gosto. As coisas são como são, sem fantasias, e assim fazem muito mais sentido.

Tanto como quando lemos no passado, como no presente, ambas as histórias/personagens são fascinantes, é aventura atrás de aventura atrás de aventura, este livro não me deu sossego um único instante, sinto como se o tivesse lido todo de respiração suspensa!

Numa escrita super fluída, fácil, agradável ao extremo, simplesmente tornei-me uma só com este livro.  Li, vou reler e voltar reler, uma e outra vez, pois é sem dúvida um dos livros da minha vida!

Que mais dizer sobre este livro? Nada... Não mudava absolutamente nada...
Nada mais a dizer... Só mesmo lendo...


4 comentários:

  1. Ando muito curiosa no que toca a este livro, vai para a minha wish :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dos livros da minha vida! Não lhe tirava nem acrescentava absolutamente nada! <3

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑