Opinião: Miga, esquece lá isso! | Clara Não

Como transformar problemas em risadas de amor-próprio
SINOPSE: Este é um livro de amor e indignação para os dias em que te sentes na m… em baixo.Sabes o que te digo? Miga, esquece lá isso, porque a tua vida é demasiado importante para a desperdiçares com tristezas. 
Para aquele “indivíduo de $%#*£”, um recadinho: não és assim tão importante!Para as saudades que não passam (não do “indivíduo”, claro), um sorriso.Para a sociedade, um manifesto a favor da igualdade.E para sonhares acordada (quem nunca!?), as nuvens-ovelhas de patas para o ar.
Defende aquilo em que acreditas. Luta pelos teus sonhos. Mostra ao mundo que ninguém te vai impedir de ser feliz.
Clara

Bem, quando este livro me chegou às mãos, ainda nem tinha ouvido falar dele, devido ao facto de só esta semana eu estar a actualizar-me (de novidades literárias e o blog) depois de um início de ano completamente carregado de peripécias, umas melhores que outras, e fiquei naquela: "que é isto?"...

Ao folhear as primeiras páginas, já de sorriso nos lábios, recostei-me e parti à descoberta de um livro que logo no início me fez logo lembrar a minha leitura: "Odeio o Meu Chefe" de Filipa Fonseca Silva.

Mas este livro carregado de ilustrações satíricas, é mais direccionado para os sentimentos, a introspecção, especialmente a feminina, e muito honestamente, outras coisas que eu nem percebi muito bem, mas que achei piada, são tipo pensamentos íntimos da autora...
Adorei as asneiras, mas quem me conhece sabe que o que eu gosto é de asneiras e insultos, mas com classe, claro, sempre com classe e com razão, se não torna-se "rasca" e isso é coisa que eu já não gosto. 

Este é um daqueles livros para folhear sem pensar em nada, que faz rir, e até pensar, é divertido e atrevido, o livro que é a companhia ideal para tempos mortos ou de espera, por exemplo, enquanto aguardamos que nos chamem para a consulta ou na segurança social, ou nos transportes públicos, ou simplesmente para uns bons momentos de sofá, naqueles dias de ressaca literária, em que não nos apetece ler nada em concreto, estes livros são fantásticos para sair desse marasmo...

Feminista, satírico, irónico, divertido, introspectivo, um livro para entreter, especialmente aqueles que dizem: "não gosto de ler" ;)

4 comentários:

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑