Opinião: O Livro do Império | João Morgado

A saga de uma obra proscrita que louva os feitos do passado e denuncia a corrupção dos mais poderosos.
SINOPSE: Um manuscrito resgatado pela Inquisição para redenção de Portugal.
Século XVI. Os tempos gloriosos do império português chegam ao fim. O desejado rei D. Sebastião vive para os sonhos de glória. Cego à corrupção da nobreza que prospera aquém e além-mar, permite que a Inquisição imponha o obscurantismo, acusando e julgando as mentes mais iluminadas. Contra tudo e contra todos, um poeta-soldado caído em desgraça decide contar a história épica de um povo para o relembrar da grandeza de outrora e salientar o desvirtuamento do poder que se vive no reino. Mesmo sabendo que corre perigo de vida.
Como era a vida dos portugueses de então e como interagiam com os outros habitantes nos territórios além-mar do império? Com tantos inimigos no poder, como pôde ser publicada uma obra que era provocadora aos olhos da Corte e da Inquisição?
Quem melhor do que João Morgado para nos fazer recuar no tempo? Uma viagem única e envolvente aos dias escaldantes da Inquisição.

Quando comecei a ler este livro do João Morgado, depois de me ter apaixonado perdidamente pela sua escrita com o livro "Índias", não estava mesmo nada a contar que fosse um livro relacionado com o Luis Vaz de Camões, de facto, com a apresentação inicial e o destaque sobre a inquisição, pensei que fosse algo totalmente diferente...

Quando, logo no início, aparece uma personagem a recitar um poema em troca de comida numa espécie de bar manhoso, e se apresenta como Luis Vaz de Camões, tive uma reacção do género: "Oh Meu Deus, não acredito, não pode ser, que fixe!", vá lá que estava em casa e ninguém viu a minha figura, mas às vezes estou a ler nas paragens ou transportes e faço assim figuras, mas não me ralo minimamente e até deve ser uma boa forma de promover o livro em questão, que o pessoal fica curioso com o que desperta tal reação! :P

Fiquei logo entusiasmada a pensar que seria uma personagem que aparecia por acaso na vida do protagonista da história e depois ia à sua vida, mas não... Tal como no "Índias", em acompanhamos uma parte da vida do Vasco da Gama durante a época dos descobrimentos, como se estivéssemos a viver a sua vida, os seus pensamentos e sentimentos, aqui, no "Livro do Império", vivemos a vida de Camões pela sua perspectiva, de uma forma igualmente intensa, enriquecedora, cheia de pormenores e detalhes históricos fascinantes, dos quais muitos deles eu não fazia a mínima ideia, fiquei encantada!

Adorei as asneiras portuguesas do século XVI, originais e hilariantes! Estou verdadeiramente encantada com a vida de Camões, encantada e triste, por ao longo dos tempos uma verdade não mudar: só dão valor aos verdadeiros artistas quando eles já não estão no meio de nós.

Também fiquei muito triste com a degradação do império Português, pelas fracas personalidades que tiveram o império nas mãos e o trucidaram, a ganância, a falta de escrúpulos, o fanatismo, ... Quase nada eu conhecia sobre o rei D.Sebastião, nunca foi um rei que me suscitasse curiosidade, mas agora posso dizer que, garantidamente, não fique fã... fiquei desiludida... mas fez-me compreender e ensinou-me vários factos históricos da nossa história que eu desconhecia.

Ao longo do livro, vamos lendo vários excertos do lusíadas, recitado pelo próprio, o que, apesar da ficção, é uma sensação incrível! E foi uma forma de me estrear com a maior obra de Camões, que eu nunca cheguei a ler.

Um senhor meu amigo, muito culto e também aficionado por romances históricos da nossa nação, disse-me que considera que estes romances históricos do João Morgado são de uma perspectiva algo "anti-herói"... talvez ele tenha razão, e em parte assim é, mas o que me fez apaixonar perdidamente pela escrita dele nestes romances históricos é precisamente o realismo e humanidade que transmite através dos nossos heróis portugueses, que acima de tudo, eram homens, como tantos outros, que atingiram grandes feitos, no entanto humanos e homens da época, simples pessoas de grandes conquistas e que passaram por tremendas dificuldades, que lutaram por aquilo em que acreditavam e conquistaram!

E é este realismo que o autor transmite na escrita que me faz viver toda a história como se eu lá estivesse, e sentisse a história viva dentro de mim, a nossa herança histórica, viver tudo aquilo ao lado dos nossos heróis... o entusiasmo, a fome, a sede, o medo, os cheiros, os ditos, as falas, o desespero, a alegria, ... e também me faz sentir que qualquer um de nós podemos ser heróis da pátria, se nos designarmos a isso... não dentro daqueles contextos, os tempos são diferentes, mas todos nós podemos mostrar ao mundo de que pátria somos, somos portugueses, e não só no futebol, mas na nossa essência, na nossa rica história, somos aventureiros e desmedidos, orgulhosos e empreendedores, somos portugueses! 

Com estes romances históricos do João Morgado, não só nos apaixonamos pela nossa história, como aprendemos imenso sobre ela, numa leitura sôfrega, emotiva, entusiasmante e culta!


50 comentários:

  1. Sempre atentos às últimas novidades os felpudos 😅

    ResponderEliminar
  2. é sempre bom encontrar estes belos livros que retratam tambem um pouco da nossa história :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, e ainda mais escritos de uma forma tão cativante! :)

      Eliminar
  3. Ora aqui está um livro que não me despertava a atenção, mas depois de me debruçar sobre a tua opinião, fiquei bastante curiosa e com o "bichinho" do "apetece ler"! Obrigada pela partilha de opinião e pela oportunidade de podermos ganhar livros com os teus magníficos passatempos! Boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Qualquer livro do João me incentiva logo a pegar nele, mas isso é porque já lhe conheço a escrita, mas este livro é excelente, tal como os outros deles, faz-nos sentir bem cá dentro a nossa pátria, além de ainda ficarmos a conhecer de uma forma muito íntima a vida de Camões :)

      Eliminar
  4. Como tendo nascido e vivido no no Império Ex Ultramarino (Angola), este livro desperta-me a curiosidade...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho dúvidas absolutamente nenhumas de que vai adorar este livro :)

      Eliminar
  5. Confesso que foi pela linda imagem que este post do blog me cativou (sou dona de 5 gatinhos persa, dos 5 anos aos 9 meses de idade) Foi por isso que decidi ler a sinopse do livro em questão e de o adquirir. Adorei... Li em 2 dias (num fim de semana) intercalando com os afazeres normais, e outras actividades sociais. Adorei e se vencesse este concurso, iria oferecer o presente à minha Mãe, que me incentivou sempre a ler (leio desde os 2 anos de idade) e que - tal como eu - é uma devoradora de livros, em formato fisico (já a ambas o dogotal, não nos é tão apelativo) Boas festas a todos os que lerem o que aqui deixo, e muita saúde <3 Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula! :D Fiquei muito feliz em saber que os meus gatinhos fazem tão bom trabalho como influenciadores na leitura! :D Comecei também eu, devido à influência da minha mãe, a ler muito cedo, aos quatro anos lá lia fluentemente livros só com letras, e não sei, nem tenho interesse em saber, o que é viver sem livros, pois fazem parte de quem eu sou...
      Os livros do João são dos mais fáceis de ler, e ao mesmo tempo tão enriquecedores!
      Boa sorte e boas festas! :)

      Eliminar
  6. Para quem como eu gosta de história , fiquei com curiosidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao ler este livro ficamos recheados de história, chegamos mesmo a vivê-la ;)

      Eliminar
  7. Gostei muito da sua apreciação e fiquei desejosa de ler o livro. Seguidora entusiasta.

    ResponderEliminar
  8. Ora aqui está mais um livro para a já extensa "wishlist". Gosto muito de romances históricos e este parece imperdível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os romances históricos do João Morgado são altamente imperdíveis e marcantes :)

      Eliminar
  9. Nunca li nada do autor, mas depois de ler a sua opinião fiquei com curiosidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanto este como outro qualquer (verdade seja dita que ainda me vou estrear com os romances dos autores), mas pelo menos os históricos são dos melhores livros que já li! :D

      Eliminar
  10. Parece-me interessante para quem gosta de "histórias de época".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não só, qualquer pessoa que goste de saber a nossa história, de romances históricos e de uma boa aventura vai adorar esta leitura :)

      Eliminar
  11. Só a capa já dá vontade de pegar no livro e ler....

    ResponderEliminar
  12. Sempre fui fascinada pelos factos históricos do nosso "Império", mais um livro a vir para a minha estante com toda a certeza!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa, fico muito satisfeita em saber! :D Vai enriquecer a estante, sem sombra de dúvidas ;)

      Eliminar
  13. leitura excelente e muito enriquecedora, sem dúvida um bom livro para este natal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Natal e qualquer outra altura, pois é uma excelente leitura :)

      Eliminar
  14. Gosto muito de romances históricos, sempre se aprende com prazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, são uma fonte de conhecimento e prazer, o que é das melhoras coisas do mundo juntas :D

      Eliminar
  15. Nunca li nada deste escritor e para eu gostar de romances históricos têm que ser mesmo muito bons. Contudo, depois desta opinião fiquei curiosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui, então depois de ler os romances históricos deste autor, já não vai querer outra coisa! ;)

      Eliminar
  16. Respostas
    1. Tens mesmo! Vais-te apaixonar pela escrita como eu me apaixonei ;)

      Eliminar
  17. Nunca li nada do autor, mas fiquei curiosa

    ResponderEliminar
  18. Um livro com muito interesse, sobre o império e narrado por um português.

    ResponderEliminar
  19. Respostas
    1. São dois gatos, o desgraçado do Nemo é tão escuro que é o menos fotogénico, mas estão ali dois e são os dois lindos =P

      Eliminar
  20. Parece um livro muito interessante; desconhecia o autor.

    ResponderEliminar
  21. Este é o tipo de livro que lemos e entramos na história, espetacular

    ResponderEliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑