Opinião: Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello | Chris Grabenstein

SINOPSE: Quem concebeu a nova biblioteca municipal foi Luigi Lemoncello, o maior criador de jogos do mundo.

Ao saber disto, Kyle faz tudo para ir à Grande Gala de Inauguração. Mas o mais difícil não é entrar na biblioteca - o verdadeiro desafio está em sair de lá!

Kyle terá de ser muito astuto, porque fiar-se nos dados ou na sorte não é suficiente para resolver os enigmas do Sr. Lemoncello?

Os livros do género juvenil são cada vez mais e mais mirabolantes, intensos, inteligentes, divertidos e originais, a alegria que me teriam dado se tivesse tido acesso a eles na minha infância! 

A minha geração ainda teve uns quantos bons, e a saga Harry Potter então foi de outro mundo quando chegou, mas o que a minha geração - e todas as anteriores - tiveram comparativamente com a variedade dos dias de hoje é mais uma questão de "era melhor do que nada" do que outra coisa - sem querer denegrir os clássicos -, mas não há comparação com os livros dos dias de hoje.

Há com cada livro juvenil nos dias de hoje que arrebatam os corações tanto dos mais jovens como dos adultos! E este é um desses livros!

Do melhor que há para os mais novos que adoram livros, bibliotecas e mistério, puzzles e diversão, detectives e muita aventura, este é um livro verdadeiramente divertido e uma ode ao amor pela literatura e pelas bibliotecas, com um toque de crítica social, é intercativo e desafiante, mostra que o melhor jogo de todos é o jogo da vida e que o verdadeiro valor está na família e nas amizades.




Também mostra de uma forma original que as bibliotecas não são "antros de livros velhos", são baús de tesouros, em cada prateleira uma seleção de novas aventuras, e as nossas bibliotecas nacionais estão cada vez mais inclusivas, tal como esta biblioteca representada no livro: muitas das nossas bibliotecas por este Portugal fora oferecem inclusão, apoio social, workshops, universidades séniores, voluntariado, actividades de verão para os mais pequenos, apresentação de livros, noitadas na biblioteca - especialmente no halloween - entre tantas outras actividades que as bibliotecas cada vez mais oferecem.

Para mim as bibliotecas sempre foram um porto seguro, e agora são símbolo de verdadeiro paraíso....

A narrativa é uma espécie de mistura de Willy Wonka com o Diário de Um Banana, está muito original, tem lições de moral e jogos que nos fazem sentir como se fizéssemos parte da aventura.

Um livro muito giro para miúdos e graúdos!
👉🏻 Wook | Bertrand 👈🏻

Sem comentários:

Enviar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.