Opinião: Uma Criatura Feita de Mar | David Almond

SINOPSE: Um livro com histórias de rara beleza contadas por um escritor genial. São contos fascinantes, inspirados na infância do autor, que aqui nos apresenta um mundo povoado de fantasia e ilusão, de real e imaginário -um mundo que poderia ser o de qualquer um de nós e que cativa pela simplicidade, pelo amor e pela amizade que transparecem nas suas palavras. Cada história transmite valores éticos de que por vezes nos esquecemos. Uma viagem maravilhosa, da primeira à última página, para leitores de todas as idades.

Sou uma grande fã de David Almond, adorava poder ter tido os seus livros para ler enquanto criança, teriam sido uma excelente companhia... mas tenho a sua companhia agora, e apesar de já não ser criança, adoro os seus livros, a sua imaginação e a sua introspectividade. Este ao contrário do que eu pensava, é um livro de contos, não sou propriamente fã deste género literário, mas estou cada vez mais a estrear-me com novos géneros e a sair da minha zona de conforto, e tenho estado da adorar a experiência.

Neste livro, os contos - todos eles algo fantasiados - foram inspirados em histórias de vida do próprio autor, pois além de um livro de contos é uma pequena auto-biografia do autor, antes de cada conto conta uma memória sua de infância e depois surge o conto algo relacionado com essa memória, ou seja, mistura as suas próprias histórias de vida com a sua fantasia e forma de ver o mundo fascinantes como só este autor consegue fazer.




No entanto, dos livros que já li dele - e hei de ler os outros que me falta  - foi o que menos apreciei, um pouco fantasioso demais para mim, muito provavelmente teria adorado em criança, mas neste momento não é o tipo de leitura que mais aprecio, mas valeu a pena a leitura, vale sempre, adorei conhecer desta forma mais intima o autor e as suas memórias e a sua imaginação é fascinante, não conhece limites, sempre com um toque encantador de introspectividade.

👉🏻 Wook | Bertrand 👈🏻

2 comentários:

  1. Adorei esse livro. Entendo o que dizes, tive sorte de o ler cedo. Realmente Inspira-nos a tentar escrever também as nossas próprias memórias biográficas simples,puras e verdadeiras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho muitas saudades de quanto tinha uma imaginação tão activa em criança, e é incrível como este autor em adulto ainda mantém este nível de imaginação :D

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.