Opinião: A Livraria dos Dias Passados | Amy Meyerson

Um jogo de adivinhas transforma-se numa autêntica viagem pelo passado que irá desvendar um terrível segredo
SINOPSE: Uma livraria que alberga segredos difíceis de imaginar.
Uma herança capaz de mudar a vida de uma família inteira.
Miranda Brooks cresceu entre as estantes da livraria do seu excêntrico tio Billy, em busca de soluções para as fascinantes caças ao tesouro que ele adorava criar especialmente para ela. Mas uma estranha desavença familiar entre o tio e a mãe de Miranda ditou um afastamento que haveria de perdurar por 16 anos, até à data da morte de Billy.
Além da notícia inesperada do falecimento do tio, Miranda fica também a saber que ele lhe deixou de herança a livraria onde ela guardara tantas memórias e que agora se encontra à beira da falência. Determinada a evitar que o legado de Billy caia no esquecimento, Miranda regressa à livraria e encontra no interior de livros, gavetas e estantes uma derradeira caça ao tesouro que a leva à redescoberta de si mesma e à revelação de um inimaginável e chocante segredo de família.
Uma história fascinante acerca da força do amor, dos laços de sangue e da nossa capacidade de reinvenção.

Esta é uma leitura leve, muito leve, leve e bastante previsível, a premissa à muito interessante e até original, mas não me conquistou por aí além... lê-se muito bem, daqueles livros que quando damos conta já vamos a meio, mas houve partes em que pausei a leitura pois estava a ser saturadamente previsível, a narrativa tenta ser uma espécie de Agatha Christie dos mistérios literários, o que até é giro, é um livro em que a acção decorre numa livraria e menciona muitos títulos de livros, no entanto, relativamente a livros em que a história se passa numa livraria, este foi o que gostei mais até agora.

Este está um pouco infantil... A cada capitulo que passava, no ínicio, não me saia da cabeça este som:


Eu sou a "rainha" da leitura dramática, mas até para mim foi demais, ou de menos, quem sabe... porque para mim, grande parte do enredo está muito forçado... e absolutamente previsível. Até a parte romântica não acrescentou nada de novo e é cansativamente óbvia. No entanto, tenho a certeza de que vai fazer a delícia especialmente para quem nunca leu nada do género mistério ou histórias passadas em livrarias, ou simplesmente gostam de leituras mais leves com o ritmo de uma comédia romântica.

👉🏻 Wook | Bertrand 👈🏻

Sem comentários:

Publicar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑