Opinião Documentário: O Dilema das Redes Sociais

2020 | 7+ | 1 h 34 min | Com: Skyler Gisondo, Kara Hayward, Vincent Kartheiser
SINOPSE: Este documentário dramatizado explora o perigoso impacto das redes sociais nas pessoas, com especialistas em tecnologia a soarem o alarme sobre as suas próprias criações.


Já andava ao tempo para ver documentários deste género, sobre a manipulação das redes sociais na sociedade, e hoje aconteceram duas coisas curiosas: o meu telemóvel ficou sem bateria durante a noite, então, quando peguei nele para aceder ao facebook, que é a primeira coisa que faço todos os dias mal acordo - com a consciência de que não é bom - em vez de o meter logo a carregar, decidi ignorar e começar a organizar as minhas leituras e liguei a Netflix para usar como som de fundo.

Volta e meia faço um detox das redes sociais, pois quando dou por mim são horas, dias, semanas, meses que invisto, especialmente no facebook, e muitas vezes sinto que não ganhei nada com isso, que era tempo melhor investido a ler ou a trabalhar nos posts em atraso deste meu blog. Falando do meu blog e o segundo ponto curioso, é que ele faz hoje 6 anos! (๑^ᗜ^)┌iii┐

E o curioso nisto tudo que aconteceu no espaço de dois minutos foi eu acordar, tentar aceder ao telemóvel, desistir porque estava sem bateria e sentir que me fazia bem não perder tempo logo de manhã no facebook, ligar o netflix apenas para ter som de fundo, e a recomendação que surgiu no imediato em formato grande foi este documentário.

Achei muito curioso, então decidi finalmente ver. E agora sinto que a minha mente se expandiu, e o meu conhecimento sobre esta temática está muito mais abrangente. Fiquei a saber imenso sobre alegorismos, inteligência artificial, tecnologia persuasiva, teorias da conspiração, fakenews, manipulação comportamental, pirataria eleitoral, aumentar inseguranças, problemas de saúde mental na adolescência, suicídio, gerar desinformação ou uma polarização política.... ou seja, estas ferramentas são um bilião de vezes melhor do que a propaganda nazi foi, e já foi o que foi... imaginam como seria o mundo se esta tecnologia existisse há 70 anos atrás? Já viram o que sem ela conseguiram fazer com este tipo de propaganda, que está agora presente no mundo inteiro? Então, como é que as pessoas se deixam manipular? 

São questões que aqui estão respondidas, e esta tremenda frustração que eu sentia - e sinto - todos os dias por ver cada vez mais pessoas estúpidas, incultas e extremistas, não compreender como é possível, com tanto acesso à informação, literalmente na ponta dos dedos, a taxa de analfabetismo a decair tremendamente nos últimos anos, então como é que parece que as pessoas estão cada vez mais estúpidas? Agora compreendo, mas fiquei ainda mais preocupada do que estava antes...

TRAILER

Este documentário fealizado por Jeff Orlowski, reúne entrevistas com Justin Rosenstein, um dos criadores do “like” do Facebook; Tim Kendall, ex-presidente do Pinterest e ex-diretor de monetização do Facebook; ou Cathy O’Neil, autora do livro “Weapons of Math Destruction”, entre muitos outros... é fascinante...
“Os algoritmos controlam o que vemos, quando o vemos, como o vemos, sem respeito pela verdade ou pela humanidade”, disse Orlowski sobre as redes sociais. “Estas plataformas são feitas por um modelo de negócio que valoriza a atenção sobre a qualidade, e os algoritmos vão sistematicamente incentivar os utilizadores a terem um pensamento cada vez mais extremista e polarizado em busca de qualquer coisa que os mantenha atentos.”
Eu sempre tive em mente que não se pode acreditar em tudo à primeira, muito menos acreditar cegamente em algo só porque nos parece bem! As notícias falsas e propaganda manipulativa são muito atraentes, viver a acreditar em teorias da conspiração coloridas é mais fácil do que viver com a dura, cinzenta, bruta realidade! Por isso não nos podemos fiar numa fonte única, de informação, eu NUNCA o faço, mesmo que a fonte venha de alguém em quem confio, vou investigar outras fontes e pontos de vista, e só então crio a minha própria opinião. Acreditar em algo só porque concordamos com o facto, cegamente, é o que tem originado muitos dos problemas que estamos a viver agora, discórdias, lutas, perigo de saúde pública, assassinatos, extremismos, intolerâncias, guerras, ...

O problema aqui, como em tudo, é que o que é bom pode também ser usado para o mal... as redes sociais são muito úteis em muitos contextos, por exemplo, graças a este meu blog já tenho conhecido pessoas fantásticas e a minha vida mudou para o melhor, o meu crescimento pessoal tem sido imenso, conseguimos estar em contacto com pessoas de todo o mundo em tempo real, encontrar pessoas de quem tínhamos perdido o contacto, criar eventos maravilhosos, ... mas o oposto também se aplica... inclusive o cyberbullying...

Vivemos tempos muito perigosos... a geração Z não sabe viver sem Internet nem redes sociais, faz-me imensa confusão não saberem o que era viver sem estar sempre agarrados a um dispositivo móvel. Eu fico cada vez mais chocada sempre que entro num transporte público, e está toda a gente de cabeça baixa a fazer scrolling no seu dispositivo, totalmente alheios a todos à sua volta... nunca estivemos tão perto e tão longe... volta e meia, parece que me cai a ficha - bem empregue aqui a expressão - e estou eu no telemóvel desligada do que se passa à minha volta, tal como os outros, e fico chocada comigo mesma... parece que o tempo não rende nada!

Ainda me lembro de andar nos transportes, estranhos falarem uns com os outros e daí surgirem boas amizades e companheiros de viagem, os que apanhavam os mesmos transportes à mesma hora passavam a conhecer-se, motoristas incluídos, havia pessoal a ler livros ou revistas, a fazer palavras cruzadas, crochet ou tricot e até mesmo ponto cruz, ainda me lembro de ir no comboio a jogar às cartas ou ao UNO, a intimidade era completamente diferente...

Excelente documentário, com muito ritmo e informação, toda a gente deveria de ver e tirar as suas próprias conclusões...

2 comentários:

  1. Desconhecia, vou ver. Parece muito interessante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Interessante e fascinante, fez-me mesmo pensar e repensar em muitas coisas!

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑