Opinião Filme: Alpha

Título original: Alpha | De: Albert Hughes | Com: Kodi Smit-McPhee, Natassia Malthe, Leonor Varela | Género: Acção, Aventura | M/12 | EUA, 2018, 96 min.
SINOPSE: Há aproximadamente 20 mil anos, durante o período do Paleolítico Superior, um rapaz caiu num precipício durante uma caçada. Convencidos de que a queda fora fatal, o pai e os restantes companheiros deixam-no para trás, desolados. Mas ele resistiu. Ao despertar, sabe que a sua vida está em risco e que, para sobreviver, tem de encontrar uma forma de regressar para a sua tribo. É então que encontra um lobo que, tal como ele, está magoado e separado da matilha. Aos poucos, vão conquistando a confiança um do outro, o que os vai ajudar a escapar às constantes ameaças do caminho…


Esta aventura épica passa-se na Europa, nos últimos 20.000 anos da última Era do Gelo e conta a história das origens do que é nos dias de hoje considerado o melhor amigo do homem, o cão, descente do lobo. É um filme sentimental e intenso sobre o que terá sido o início desta amizade e cooperação tão forte e antiga, nalguns casos pura e leal, em que o animal não era usado somente como uma máquina de caçar e de guarda, mas sim um verdadeiro amigo e parte da tribo.

TRAILER

O filme foi maioritariamente filmado no Parque Provincial dos Dinossauros, em Alberta, Canadá. Para ser realista e fiel relativamente ao período histórico em que decorre a acção, foi criado um idioma fictício baseado em proto-idiomas da época. O filme é inteiramente falado nesse idioma, que foi criado por Christine Schreyer, uma professora de antropologia da Universidade da Colúmbia Britânica (Canadá). Christine Schreyer foi também a responsável por criar a linguagem kryptoniana do filme «Super-Homem - Homem de Aço» (2013).

A imagem está brutal, realista e com paisagens lindas, espero um dia poder ver um céu estrelado daquela maneira, e uma aurora boreal... estou cada vez mais interessada em filmes, documentários e livros sobre as nossas origens, especialmente desde que comecei a ler "Sapiens", é fascinante... No entanto, a nível de interpretações, não achei nada por aí além, creio que a vertente social das tribos poderia estar melhor explorada, há até certas partes que ora são lentas, como de repente dão grandes saltos temporais e a acção é precipitada, não haja dúvida de que a melhor interpretação foi o Cão Lobo Checoslovaco, Alpha.
Nota importante: Como blogger dei a minha opinião sincera sobre o filme, como faço com todos os artigos aqui publicados, no entanto como vegan/defensora dos direitos dos animais tenho de reportar algo que descobri enquanto procurava uma sinopse para poder adicionar a esta publicação... Este filme está envolto numa grande polémica pela PETA, devido ao facto de, apesar de ser controlado pela American Humane Society, que garante aqueles certificados “No Animals Were Harmed”  - nenhum animal foi magoado durante as gravações -, acusam que cinco bisontes foram mortos para que as suas peles e ossadas fossem usados durante as filmagens como adereços.

O estúdio de produção nega, dizendo que pensava que tinham vindo de um matador contratado para o efeito e que foi um funcionário local desonesto contratado para o filme que desobedeceu a ordens, sendo que, pelo que eu percebi, era ele o dono dos bisontes... 

Na minha opinião, com a incrível tecnologia que há nos dias de hoje, de fascinante qualidade, tanto que há cópias tão realistas que a olho nu não se nota a diferença do que é real e falso, os efeitos especiais,  uma enormidade de recursos, qual a necessidade de usar ossadas verdadeiras?! Até os próprios animais podem ser computorizados com um brutal realismo, como podem ver aqui.

A partir do dia de hoje vou passar a estar MUITO mais atenta antes de ver um filme que tenha animais, especialmente se for ao cinema, pois os estúdios cinematográficos e os próprios actores e todos os demais envolvidos têm de começar a exigir condições e direitos para TODOS os seres vivos envolvidos, de forma a não causar mágoa aos animais, não há necessidade nenhuma disso, a beleza de filmes com animais é com eles vivos e saudáveis, e não acabados de matar! 

Sem comentários:

Publicar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑