Opinião: A Casa dos Anjos | Colleen McCullough

A minha pizza preferida no mundo inteiro, pizza vegan de "bacon" 
e cogumelos, da Green Beans, no Chiado
SINOPSE: A Casa dos Anjos é uma vivenda de um bairro mal afamado de Sidney para onde vai viver a jovem Harriet Purcell. São os anos 60, Harriet tem 21 anos e não suporta o ambiente machista da sua família burguesa. Na nova casa, Harriet entra em contacto com um mundo bizarro e cativante. Estabelece relações com os outros inquilinos, um pintor sem recursos, um emigrante alemão apaixonado por música e culinária, um casal de namoradas. Sobretudo, inicia uma amizade especial com a dona da casa, a senhora Schwartz - cartomante, vidente e médium - e com a sua filha, a pequena Flo, que é muda. No decorrer de um ano intenso, Harriet descobre o amor, o sexo, a liberdade e a afirmação de si própria. Mas quando uma tragédia se abate sobre a casa, a jovem tem de reunir todas as suas forças para salvar Flo de um destino de solidão e dor.

Nunca conheci ninguém até ao dia de hoje que não tenha gostado de ler algum livro da Colleen McCullough, era uma autora maravilhosa e alguns dos seus livros estão a ser actualmente reeditados, felizmente, pois bem merecem!

Este é um dos tipos de leitura que eu mais aprecio, dramas históricos com personagens femininas muito corajosas e persistentes, que enfrentam mundos e fundos para seguir os seus sonhos e objectivos. Este já é o segundo da autora que eu leio em que o cerne da narrativa se passa na Austrália numa época em que a descriminação pelas mulheres ainda era bastante vincada - mais do que os dias de hoje, mas ainda temos um LONGO caminho a percorrer! - , onde o machismo reina e as mulheres não são levadas a sério nas suas profissões, isto quando conseguem atingir o objectivo de terem os seus empregos de sonho num mundo onde não são respeitadas.

Neste livro ainda há mais personagens discriminadas, emigrantes, prostitutas, cartomantes, mulheres e mães solteiras, ... uma variedade fascinante de personagens! Gostei mesmo desta leitura, mais uma vez a nossa personagem principal é uma enfermeira, algo que a Colleen já nos habituou, sendo que Colleen foi uma neurocientista de prestígio e toda a acção que decorre em hospitais e o dia-a-dia do seu staff é bastante realista devido ao seu conhecimento de causa, o que torna este tipo de leituras extremamente realista e enriquecedor!



4 comentários:

  1. Excelente review.Fiquei interessada.
    Feliz dia da mulher����.

    ResponderEliminar
  2. Olá Liliana,
    Gosto imenso de Colleen McCullough.
    Li a casa dos anjos e adorei, assim como pássaros feridos.
    Li o Toque de midas e Tim mas não gostei tanto.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dulce! :D

      Ainda não li pássaros feridos, mas só ouço falar bem, já está na lista de futuras leituras! :D

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑