3 de Março | Dia Internacional da Vida Selvagem

O Dia Internacional da Vida Selvagem celebra-se a 3 de março. O objetivo deste dia criado em 2013 pela ONU é celebrar a fauna e a flora do planeta, assim como alertar para os perigos do tráfico de espécies selvagens animais.

Foi escolhido o dia 3 de março para esta efeméride já que foi neste dia, em 1973, que se verificou a CITES - Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção. Os eventos realizados neste dia podem ser conhecidos no site oficial da data. De acordo com a ONU, o tráfico de animais e a caça valem até 213 mil milhões de dólares por ano.

Números do Dia Mundial da Vida Selvagem
Este dia tenta relembrar o contributo das plantas e dos animais selvagens para o desenvolvimento sustentável e para o bem-estar em geral da humanidade, além dos perigos diários que a vida selvagem corre em diversas frentes. Ainda segundo os dados da ONU temos:
  • 20.000 a 25.000 elefantes mortos anualmente em África
  • 100.000 elefantes africanos mortos de 2010 e 2012
  • 1.215 rinocerontes mortos em 2014 na África do Sul
  • 220 número de chimpanzés mortos em 2014
  • 1 milhão de pangolins retirados do seu habitat em dez anos

Fonte: Calendarr

28 mil: o número de espécies que, de acordo com os dados mais recentes disponibilizados pela Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas da União Internacional Para a Conservação da Natureza, relativos a julho de 2019, estão ameaçadas de extinção.

A nossa sociedade está pensada e construída de acordo com um paradigma de aproveitamento da natureza e dos seus recursos e isso tem incontornavelmente consequências na sustentabilidade das espécies animais e vegetais. Em Portugal, há 456 espécies ameaçadas de extinção e muitas outras estão em risco. O painho-de-monteiro (na fotografia), que habita nos Açores, é uma delas.

Embora possa parecer uma luta perdida, a verdade é que está ao alcance de tod@s nós contribuirmos para a sustentabilidade das espécies que connosco partilham o planeta: alguns cuidados como saber a origem dos produtos alimentares que compramos, deitar no sítio certo o lixo que fazemos num dia de praia ou incitar os Governos e indústrias a apoiarem políticas de preservação da vida selvagem podem fazer a diferença.

Sem comentários:

Publicar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑