Opinião: Maria Descobre a Diabetes | Catarina Mendanha

A primeira ficção infantojuvenil didática sobre a diabetes
SINOPSE: Maria e a Diabetes é o início de uma coleção de livros infantis, que conta as aventuras, peripécias e sentimentos do dia a dia de uma menina de 7 anos, a Maria.
A protagonista faz tudo o que uma menina da sua idade faz, com a particularidade de ter diabetes tipo 1.
Todas as suas aventuras ensinam-nos como é ter esta doença e como lidar de uma forma leve.
Este é um livro importantíssimo, daqueles que deveriam de constar no PNL, tanto para quem sofre com esta enfermidade que é a diabetes, como para quem nada sabe sobre o tema, no meu caso, felizmente não padeço desta patologia mas é algo que me rodeia e gosto de estar informada ao máximo, ainda mais este caso, no caso das crianças...
Este livro ajuda a desmistificar este "bicho papão", é narrado no ponto de vista da criança, e ao ser baseado na experiência que uma criança viveu - a autora, agora adulta - torna este livro ainda mais real e honesto e extremamente informativo!
Um livro também ideal para os encarregados de educação, professores e profissionais de saúde, pois ajuda a ver a situação na perspectiva de uma criança que viveu a diabetes.

Sobre a autora e inspiração para este livro:
A Catarina nasceu a 19 de março de 1987, em Lisboa. Sempre foi uma criança super saudável até aos 6 anos de idade lhe ter sido diagnosticada diabetes tipo 1. Na altura enquanto criança não tinha noção do que era de facto a diabetes, apenas sentia o impacto em alguns pontos da sua vida.

Enquanto adolescente a relação com a doença foi mais desafiante. Aos 15 anos começou a fazer vários tipos de voluntariado, e esse gosto seguiu até à sua vida adulta. Em relação aos estudos e apesar do gosto por diversas áreas, decidiu prosseguir na área de gestão e assim candidatou-se à Universidade NOVA de economia, agora NOVA SBE, onde concluiu a sua licenciatura e de seguida o seu mestrado. Após o término dos estudos, iniciou a sua carreira em consultoria, tendo trabalhado ainda diferentes empresas e organizações.

Em janeiro de 2015, acordou com um descolamento de retina, provocado pelos 23 anos de diabetes, que a levou a fazer 11 cirurgias, entre Lisboa e Coimbra, a maioria em apenas 1 ano (9 delas). Esta situação mudou muito a sua vida, tendo ficado vários meses em recuperação. Foi durante esse período que desenvolveu o projecto “Maria e a Diabetes” e escreveu o primeiro livro. 

Desde de 2017 começou a interessar-se por temas sobre desenvolvimento pessoal, coaching e PNL, tendo já algumas certificações na área.

Sem comentários:

Publicar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑