Opinião: Duas Mulheres, Dois Destinos | Lesley Pearse

SINOPSE: Na primavera de 1935, em Londres, duas jovens observam enquanto a polícia retira o cadáver de um homem de um lago. Elas vêm de mundos completamente diferentes. Ruby é filha de uma prostituta alcoólica e só conhece a pobreza e o abandono. Verity, de boas famílias, vive com todo o conforto que o privilégio garante. Mas, nesse dia, começa entre ambas uma amizade que perdurará ao longo do tempo.
O destino, porém, não tardará a mostrar quão traiçoeiro pode ser: ao passo que Ruby encontra, por fim, um lar onde é amada e acarinhada, Verity sofre revés atrás de revés, e um terrível segredo do passado ameaça destruí-la. A Grã-Bretanha prepara-se para a guerra, a conjuntura é turbulenta. Apesar disso, ambas continuam presentes na vida uma da outra… até ao dia em que uma delas profere as palavras: "Morreste para mim".Num país dilacerado pela guerra, poderá a amizade sobreviver?
Duas Mulheres, Dois Destinos é um romance épico que nos fala de lealdade, amor, e da força dos laços de amizade perante as mais duras adversidades. Como sempre, Lesley Pearse não desilude…

Ora bem, mais uma opinião em atraso de um dos livros da minha adorada Lesley Pearse, para mim, a rainha do drama histórico e de personagens femininas fortes e inspiradoras! Mais uma história chocante, dramática, numa escrita fluída, viciante e intensa! Nesta história, acompanhamos a vida de duas mulheres de personalidades muito fortes e vincadas, e voltamos a reviver a segunda guerra em Londres como Lesley já nos habituou....

Depois, temos a temática da menina rica - menina pobre e as voltas que a vida dá, e os papéis invertem-se... lições de vida serão aprendidas da pior e melhor forma, mas poderá a amizade de ambas sobreviver a tal? Ultimamente, a Lesley anda a dar um destaque mais vincado que o costume ao romance, mas mesmo assim afasta-se do lamechas e é maioritariamente dramático e problemático, por isso encaixa bem na narrativa.

Sempre com os factos históricos verídicos presentes, como é o caso do bombardeamento à  Igreja de St. Marychurch, em Torquay, uma cidade britânica situada às margens do Canal da Mancha, no sul da Inglaterra, no condado de Devon, região do Sudoeste, onde morreram inúmeras crianças, e alguns adultos, que assistiam à catequese...
Nos arredores de Londres, nas pequenas aldeias e vilas, não esperavam este tipo de ataques aéreos, as pessoas julgavam estar a salvo, dai haver a migração de crianças que eram enviadas de Londres, separadas dos pais, para se salvaguardarem em famílias de acolhimento nesses mesmos locais remotos, até ao fim da guerra....

Há aqui um destaque também, sempre presentes nestes livros da autora, da importância das enfermeiras e voluntárias na guerra, no entanto, pareceu-me que durante toda a narrativa, a questão da guerra a decorrer ficou, em certa parte, em segundo plano, sendo que a narrativa se foca mais no drama pessoal de Ruby e Verity,... adorei todos os livros que já li da Lesley, mais uns do que outros, obviamente, com destaque para os meus preferidos de toda a vida: "Nunca me Esqueças" e a "saga Belle", mas todos eles são uma leitura obsessiva e enchem-me o coração, incluindo este e os que estão para vir, tal como todos os outros livros, esta é uma boa história que se lê de uma assentada!

Para quem procura um livro da Lesley para se estrear sem ter uma enorme carga dramática e violenta, este é o ideal!

7 comentários:

  1. Não tenho por hábito ler livros deste género, mas este parece interessante! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qualquer livro que leia da Lesley Pearse, vai ficar muito bem servida! :D

      Eliminar
  2. Não conheço a escritora mas fiquei com vontade de ler o livro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se deixe enganar pelas capas e saquinhos todos "pipis" onde estes livros vêm, esta autora é brutal, para mim, a rainha do drama histórico, e se ainda não leu e tem todo este mundo da Lesley para descobrir, como a invejo! ;)

      Eliminar
  3. Também já li este livro e adorei! Lesley Pearse é uma das minhas autoras preferidas! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim é a rainha do drama histórico e contemporâneo! <3

      Eliminar
    2. Já li alguns livros desta escritora e gostei. Este nunca li.

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑