Opinião: Deixa-me Mentir | Clare Mackintosh

Para a polícia foi suicídio. Para Anna foi homicídio. Ambos estão errados.
SINOPSE: Quando a verdade é demasiado cruel, a mentira é a melhor saída.
Depois do seu pai e da sua mãe terem acabado com as próprias vidas de maneira muito parecida, em dois suicídios brutais e com intervalo de apenas alguns meses, Anna está a tentar virar a página do passado trágico da sua família e recomeçar a sua vida.O novo namorado e o filho vieram para trazer à Anna alguns sorrisos no meio do caos. Mas, mesmo com todo o seu esforço para superar os seus traumas e se entregar aos novos começos, o seu passado de repente volta à tona trazendo ainda mais dor e devastação.No primeiro aniversário da morte da sua mãe, Anna recebe um bilhete anónimo e perturbador: Suicídio? Pensa melhor. Será possível que alguém poderia ser cruel ao ponto de fazer uma brincadeira dessas? Ou de facto existe algo por trás do suposto suicídio de seus pais?
No fundo, Anna nunca entendeu como eles tinham sido capazes de tirar as suas próprias vidas de maneira tão cruel.Deixa-me Mentir tem o ritmo lancinante que é a marca de Clare Mackintosh. Carregado de reviravoltas, deixa qualquer um em estado de choque da primeira à última página.

Este livro é a verdadeira encarnação do que se costuma dar o nome de: "Teia de Mentiras"... e quando se começa uma mentira, normalmente têm de vir outras atrás para ocultar ou validar a primeira, e quando se dá conta, quase que não dá para distinguir a verdade da mentira... este livro é assim!

É um livro algo diferente ao que eu estou habituada a ler, ganha pontos na originalidade, especialmente no desfecho, apesar de eu ter lido o livro todo já a suspeitar do que se estava a passar, com as dicas que vão surgindo aqui e ali, sendo que acertei em algumas coisas, pelo menos o desfecho, esse, foi de facto totalmente inesperado!

No entanto, estive por um par de vezes tentada a desistir da leitura, cheguei mesmo a pousar o livro e iniciar outras leituras e só depois voltar a esta, porque há partes do livro que chegam a ser algo maçadoras e repetitivas, e a personagem Anna, cujos pais alegadamente se suicidaram com alguns meses de diferença um do outro, de forma idêntica, é algo monótona e choninhas, mas acaba por evoluir bem e mostrar desenvoltura e coragem, por isso, mais para meio do livro, acabei por me agarrar de vez à leitura, antes disso é mais focado no drama familiar, em ataques "misteriosos" pouco originais e tentativas algo previsíveis de criar dúvida e suspense relativamente aos supostos suicídios dos pais, mortes essas que a deixaram órfã, no entanto rica com o dinheiro do seguro da morte dos pais, com um novo namorado e uma filha acabada de nascer, mas... a falta que sente dos pais arrebata tudo e é a única coisa em que consegue pensar, especialmente quando começa a suspeitar que não foi suicídio, mas sim assassínio, caindo numa enorme depressão e solidão, chegando quase a ser negligente com a sua filha bebé e o companheiro. Drama, drama, drama.

A parte de que mais gostei foi o facto de o livro estar dividido em quatro pontos de vista, dois deles que não são imediatamente identificados, mas suspeitamos quem possam ser, o Murray Mackenzie, um velhote muito simpático reformado da polícia, que é o único a acreditar em Anna e se envolve numa investigação por conta própria, de forma a fugir um pouco à sua própria vida e drama familiar, e do ponto de vista pessoal de Anna, e tudo acaba por se encaixar, completando-se uns aos outros com revelações e reviravoltas... verdade seja dita que a autora consegue contar a história toda sem deixar pontas soltas, mais um ponto positivo da leitura.

Para quem se quer estrear nos thrillers, esta é uma boa aposta, especialmente para quem gosta de dramas familiares e histórias sobrepostas que se interligam, foi a minha estreia com a autora, e ficarei atenta aos próximos livros e até curiosa para ler os anteriormente publicados.


4 comentários:

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑