Opinião: O Diário do Rowley 1: Um Miúdo Incrível Agora é a minha vez! | Jeff Kinney

SINOPSE: Chegou a altura de o mundo ler a história do Greg contada pela mão do seu melhor amigo, o Rowley!
Sim, o Rowley também escreveu um diário e promete dar que falar.
O Rowley aceitou ser o biógrafo do Greg, porque ele sabe que o seu melhor amigo vai ser rico e famoso. Um dia toda a gente vai querer conhecer a história do Greg Heffley. De certeza que até farão documentários e filmes incríveis sobre a sua vida.
O problema é que o Rowley não foi a melhor escolha para esta tarefa e a «biografia» diz mais sobre o Rowley do que propriamente sobre o Greg. O que será que nos espera?
O spin-off da série infantojuvenil mais vendida de sempre!

Já aqui vos contei o quando eu AMO do "Diário de um Banana", né? Eu sei que é um livro para os putos, mas eu adoro os livros para os putos de hoje em dia, mas este, o Banana, para mim é imperdível, e consegue fazer-me rir mesmo naqueles dias em que não tenho vontade nenhuma de o fazer! :D

Adoro, adoro, ADORO!
Então, soube que ia sair o diário do melhor amigo do banana, o Rowley, numa espécie de spinf-off e fiquei logo em pulgas para o ler! Coisa que já fiz... para aí numas duas horas, que foi o tempo em que o devorei todo, quase sem pausas! :P

Ora bem, tal como já referi, eu adoro mesmo é o Greg (o banana) e gosto de todas as outras personagens, umas mais do que outras, e sinceramente o Rowley não é uma das que tenho em mais alta estima,... porque eu me identifico muito mais com o Greg, extrovertido, sempre metido em problemas, com ideias muito originais, e nesta parte já não me identifico tanto, apesar de adorar estes traços na sua personalidade e ser o que mais me faz rir, é o Greg ser muito honesto na sua escrita no diário, já nas suas acções não o é, está sempre pronto para puxar a "brasa à sua sardinha" (perdoem a expressão pouco vegan), faz de tudo, mesmo o menos honesto e justo para se safar a ele, mesmo que prejudique outros, é um bocado mentiroso, se bem que podemos dizer que é oralmente criativo 😆 é um verdadeiro banana, mas no fundo é bom rapaz, simplesmente um grande trapalhão.
Já o Rowley é um verdadeiro menino-da-mamã, muito certinho, sincero e honesto, solidário e bom amigo, estudioso e verdadeiramente betinho... algo com que não me identifico, apesar de eu própria ter tido amigos assim na escola. Aquele mote que diz que os opostos se atraem é verdade, e talvez isso seja mesmo outro dos motivos pelos quais gosto tanto destes livros, eles os dois, personalidades muito diferentes, completam-se muito bem, e metem-se em cada sarilho hilariante!! 
No entanto, as partes de que eu mais gostei deste livro foi as interacções directas com o Greg, as partes (não muitas, verdade seja dita) em que é mais sobre o Rowley, não me cativou por aí além, o que me deixou a pensar, se houvesse um diário exclusivo do Rowley , eu teria interesse em ler? O meu primeiro pensamento seria não, o segundo após pensar bem seria sim, porque eu adoro a escrita do Jeff Kinney, mas o que eu adoro verdadeiramente é ler sobre os pensamentos malucos e aventuras desastrosas e hilariantes em que o Greg se mete, e a forma como envolve outros nas mesmas!

Mais uma vez, tenho a certeza absoluta que todas as crianças vão adorar estes livros, ainda no outro dia, no metro, estava à minha frente um rapaz, com os seus 12/14 anos, a ler o diário de um banana, muito entretido, e foi o suficiente para me deixar um bom bocado com um sorriso no rosto, seria a loucura se em criança, eu tivesse tido a sorte de ter estas aventuras para ler e me fazer rir.


2 comentários:

  1. Hello!
    Estes livros são mesmo o máximo. Os miúdos na escola deliram!
    Beijocas

    ResponderEliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑