Opinião: Um Coração sem Lar | Sarah Lean

Ilustração: Gary Blythe
SINOPSE: Às vezes, as coisas mais importantes ficam por dizer…
A Cally acredita mesmo ter visto a mãe. No entanto, ao partilhar o sucedido com o resto da família, sente-se frustrada porque ninguém acredita nela. Afinal, dizem-lhe, é impossível ver os mortos!
Triste, a menina decide ficar em silêncio durante dias a fio. Até que algo insólito e maravilhoso acontece: um misterioso cão começa a segui-la por todo o lado. Talvez ele acredite nela…
Conseguirá a Cally convencer os outros de que a mãe continua presente? E será ela capaz de mostrar ao pai que o Vagabundo já faz parte da família?


Eu amo estes livros da Booksmile... estas histórias de crianças incríveis, cheias de inteligência, bondade e integridade, mal compreendidas, que passaram já por dramas e perdas grandes com tão tenra idade, inadaptadas socialmente, mas que fazem a diferença no mundo, mesmo que esse mundo seja de uma ou outra pessoa, de formas tão incríveis...

Cally perdeu a mãe, e consegue ver a mãe, mas mais ninguém consegue, e ninguém a compreende... apesar de triste por ter perdido a mãe, continua como sempre foi, extrovertida, valente, sempre metida em sarilhos, muito original, mas incompreendida, tanto pelos da sua idade como pelos adultos... até que um dia, depois de todos duvidarem que ela conseguiria fazer um voto de silêncio por um dia, por questões de solidariedade, visto que ela era muito faladora, dizendo tudo aquilo que via, pensava e acreditava, para mostrar que é capaz, acedeu ao desafio... durante o voto de silêncio, deu-se conta de que por vezes, aquilo que dizemos é mal compreendido, mal tolerado, ignorado, e que o silêncio, por vezes, é mesmo a melhor resposta... então o voto de silêncio de um dia torna-se em dois dias, em três dias, quando dá por si, ficar em silêncio faz mais sentido do que falar...

Esta é uma história dramática e intensa que envolve a Cally, que não quer falar e vê o espírito da sua mãe, constantemente, um sem abrigo, um grande cão cinzento, e um vizinho surdo-mudo, e a forma como a vida de todos eles se vão interligar, e como todos vão aprender lições de vida, uns com os outros...
É uma bela história, que li num par de horas, pois não consegui pousar a leitura, é daquelas leituras que enternecem o coração e nos enchem de solidariedade, que nos fazem ter fé e esperança, são histórias que ficam para sempre connosco... com lindas ilustrações a preto e branco, que enfatiza a história de forma soberba.


3 comentários:

  1. Acho que vou comprar este livro aos meus filhos. Parece delicioso.
    Obrigada

    ResponderEliminar
  2. Terceira tentativa...
    Adorei esta sugestão.Um tema que muito importante. A perda,os sentimentos confusos, as amizades especiais de 4 patas, o crescimento, a aceitação/esperança...
    Vou quer ler.

    ResponderEliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑