Opinião: Uma Questão de Conveniência | Sayaka Murata

SINOPSE: Keiko foi sempre estranha - e os pais perguntam-se onde encaixará ela no mundo real. Por isso, quando a rapariga resolve ir trabalhar para uma loja de conveniência, a notícia é recebida com entusiasmo, até porque na loja ela encontra um mundo bastante previsível, que domina com a ajuda de um manual e copiando os colegas até na forma de falar.
Mas aos 36 anos é ainda na mesma loja de conveniência que trabalha, e além disso nunca teve um namorado, frustrando as expectativas da sociedade… Embora Keiko não se importe com isso, sabe que a família e os amigos estão mais ou menos desesperados. Um dia, porém, é contratado para a loja um rapaz com o qual Keiko tem algumas afinidades. Não será então aconselhável para ambos um relacionamento?
Sayaka Murata, uma das vozes mais originais e talentosas da ficção contemporânea japonesa, capta brilhantemente a atmosfera de uma loja de conveniência e satiriza as obsessões que regem a sociedade contemporânea e a pressão exercida sobre as mulheres no sentido de cumprirem expectativas alheias, com o pretexto de terem uma vida normal.
Uma Questão de Conveniência, que venceu o prémio Akutagawa e foi traduzido em mais de vinte países, é o retrato de uma heroína deliciosa que promete ser tão memorável como Amélie Poulain.

Bem... que leitura estranha... faz-me lembrar a expressão americana: "awkward"!...

Antes de mais, é uma leitura introspectiva... relacionei-me com a Keiko, apesar de ser uma personagem mesmo estranha (mas eu também sou, segundo fontes seguras), que tem 36 anos, é solteira e vive sozinha, e é criticada pela sociedade e pela família, por o ser... por ser mulher, por ser solteira, por ter o mesmo emprego "dead end" há anos, sem perspectivas de progressão de carreira, sem marido e sem filhos com 36 anos... se na nossa sociedade já é o que é, imaginem no Japão...

Eu  já fiz reposição num supermercado, e a forma como neste livro está descrito tal actividade, é muito realista e interessante, este livro, esta história é repleta de sentimentos, pensamentos, introspecção, drama, muito, mas mesmo muito drama, é divertido de uma maneira muito parva e algo imprevisível, e há muitas partes em que eu nem sabia bem o que pensar da leitura, de tão caricata que se tornava... não pensem que é no mau sentido, que não é... quando dei por mim, já tinha terminado esta leitura, li o livro nem em três horas, tudo de seguida, porque eu não conseguia acalmar a curiosidade em saber o que iria acontecer a seguir!

Vamos acompanhando uma espécie de evolução da Keiko, que é demasiado tímida, demasiado introvertida, e até mesmo deprimida, onde é gozada em família, entre amigos e até os colegas do trabalho, senti raiva muitas vezes durante a leitura, pois só pensava: "ACORDA PARA A VIDA MULHER!!", a inquietação do leitor que assiste e nada pode fazer... não sei se tinha maior vontade em a ir defender, ou lhe ir pregar dois estalos para ela abrir a pestana...

É uma fascinante crítica social, cómica e dramática, que apesar de ter sido uma leitura estranha, também gostei precisamente dessa vertente, lá original é este livro, esta forma de narrativa, lê-se mesmo muito bem, sempre com algo interessante e curioso a acontecer, é uma leitura leve e divertida, recomendo para quem anseia por uma leitura original e diferente.


4 comentários:

  1. Fiquei muito curiosa com esta opinião sobre este livro, não conhecia o livro, nem a autora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não conhecia, foi mesmo sair da zona de conforto, algo que agora ando a fazer com frequência e tem sido uma bela aventura! :D

      Eliminar
  2. Parece ser um livro fora do comum, para ficar na minha "mira". A própria capa é igualmente chamativa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sem dúvida um livro muito original, uma leitura interessante e introspectiva :)

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑