Opinião: A Educação de Felicity | Marion Chesney

Academia de Etiqueta - Vol. 1
SINOPSE: Numa época em que as mulheres da nobreza só dispõem de duas opções - casar ou esperar que um parente rico morra - as irmãs Tribble não têm sorte nenhuma. Não só ainda não encontraram o amor como, após anos de bajulação a uma intratável tia velha, veem o seu nome apagado do testamento aquando da sua morte.As românticas Amy e Effie Tribble sonhavam com ricos jantares de carne assada e batalhões de criados aduladores mas agora estão oficialmente na penúria. Ironicamente, é neste cenário desolador que lhes ocorre uma ideia brilhante: colocar a sua educação esmerada ao serviço das jovens mais "difíceis", apresentá-las à sociedade e arranjar-lhes casamento.Não contavam que a sua primeira cliente fosse Lady Felicity Vane, cuja rebeldia ameaça enlouquecer a sua própria mãe e arruinar o projeto sentimental de Amy e Effie. A jovem prefere caçar com os amigos a pensar em casar. Mal ela sabe que o seu suposto pretendente é o homem que mais a irrita (e que mais irritado se sente por ela). Felicity nunca admitirá que o seu coração treme ao ver Charles Ravenswood, principalmente porque o elegante marquês parece não ter paciência nenhuma para as suas extravagâncias. O clima entre ambos é tão tenso que, se soubessem o que as irmãs planeiam, o resultado seria, no mínimo, desastroso…

Bem... creio que a melhor definição para este livro será: comédia romântica vitoriana... honestamente, estive para desistir da leitura algumas vezes, mas depois lá acontecia alguma coisa parva ou ficava naquela: "já agora, deixa lá ver o que lhe vai acontecer a seguir" e acabei de ler o livro até com relativa facilidade. Eu gosto deste tipo de leituras vitorianas num tom mais sério e dramático, mas acabou por ser uma leitura original e divertida, diferente do que já li dentro do género, e acabei por gostar da crítica social presente, e da rebeldia de Felicity.

Inicialmente, aborreceu-me tremendamente o tom infantil da escrita, especialmente a infantilidade das irmãs Amy e Effie e também o altamente previsível Charles Ravenswood, com o desfecho esperado... mas, não sei... a determinado ponto de leitura, comecei a ganhar estima pelas personagens... e dei por mim a rir-me de certas situações. Acabou por se tornar uma leitura muito leve e divertida!

Portanto, este livro é uma leitura leve, com um toque de lamechice romântica, cómico, com uma pitada de drama e crítica social, quem gosta deste tipo de leituras, vai apreciar muito este livro!


16 comentários:

  1. Já estive com este livro várias vezes na mão, em promoções de grande superfície, mas acabei por não o trazer para casa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se gosta do género comédias românticas literárias, creio que vai gostar muito deste livro :)

      Eliminar
  2. Fiquei curiosa em relação à história, além de que sou fã desse género literário!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então de certeza que vi adorar esta divertida leitura :D

      Eliminar
  3. Bem se dá para rir quero, saudades de ler um livro que me faça rir e sorrir

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A leitura faz-se com um sorriso presente nos lábios, e é de uma leveza boa, daquelas leituras mesmo boas para descontrair... :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. E o interior do livro é lindo, todas as páginas são ilustradas, é muito bonito e divertido :)

      Eliminar
  5. É um género literário que gosto, tenho mesmo de ler este livro, que já está na minha estante a muito :)

    ResponderEliminar
  6. Tenho esse livro para ler e tenho de lhe pegar :)

    ResponderEliminar
  7. Ja vi este livro várias vezes, penso que adoraria le-lo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que sim, foi um dos melhores (mais divertidos e dramáticos) livros que já li *.*

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑