Opinião: O Pássaro da Noite - O mistério de Sidwell | Alice Hoffman

Só a verdadeira amizade conseguirá quebrar uma maldição antiga
SINOPSE: Na pequena cidade de Sidwell, nas montanhas de Berkshire, os segredos são difíceis de esconder. Quando surge o rumor de que há um monstro na cidade, Twig e a mãe redobram os cuidados para ocultar o terrível mistério que a família esconde há 200 anos e que ameaça a segurança de James, membro da família.
Mas tudo muda quando duas jovens, Julia e Agate, vão viver para a casa ao lado, em tempos habitada por uma bruxa. Apesar de a mãe a ter proibido de lá entrar, Twig não resiste à tentação e torna-se grande amiga de Julia. Juntas, tudo farão para reverter a maldição e libertar James.
Um livro magnífico sobre o poder mágico da amizade e do amor. Só a verdadeira amizade conseguirá quebrar uma maldição antiga.

Uma encantadora história cheia de encanto e encantamentos... Já comentei anteriormente os livros que já li da Alice Hoffman, já os li quase todos, pelo menos os que foram editados em Portugal, eu adoro a escrita dela e está no top 5 das minhas autoras internacionais preferidas, tem uma escrita muito desprendida, no entanto, intensa e emotiva, é uma escrita muito fluída e original, leve, interessante, e sempre com uma pitada de magia, de destino, de filosofia, eu adoro!

Neste livro específico, o embalo da história fez-me lembrar um pouco uma fusão entre Deborah Smith e Cecelia Ahern... Ora, nesta história, temos uma maldição com 200 anos, uma maldição de amor, ou neste caso, de ódio, entre duas famílias... a maldição só afecta os rapazes da família amaldiçoada, e  como e porquê está bem descrito nesta fascinante história, que parece um conto, uma lenda...

Com voltas e reviravoltas, com revelações, mas sempre num embalo calmo e divertido, interessante e curioso, este livro abraça-nos e vai sussurrando os seus segredos aos nossos ouvidos, desperta a nossa curiosidade pela forma subtil e inteligente como consegue unir o fantástico com o real, de forma a tornar toda a história muito realista... um bom livro tanto para o público jovem como para o público adulto que goste de histórias leves, com um toque de fantasia.

Twig, personagem que eu adorei, é uma rapariga fantástica e matura, gostei mesmo dela, mas sente-se sozinha, e não tem amigos, até ao dia em que faz uma amiga com quem se identifica, mas essa amiga é descendente da mulher original que lançou a maldição sobre a família de Twig! E agora?...

Delicioso, encantador, fascinante, este é um livro que se lê num ápice, e que nos aquece o coração...

A leitura deste livro faz parte do desafio de leitura 2019 que criei, e vai para a categoria: Ler um livro que se lê num dia, (e ler num dia!)
#desafiodeleitura2019umblogentrebibliotecas

4 comentários:

  1. Parece ser uma boa leitura. Uma história sobre a amizade e que nos deixa curiosos sobre como quebrar a maldição.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E também sobre os mistérios e magia que o nosso mundo têm, que há à nossa volta, e nem damos conta... :)

      Eliminar
  2. Bom livro e bons passatempos. Parabéns!

    ResponderEliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑