Visita à Biblioteca de São Lázaro | Lisboa

Fiz esta visita à biblioteca de São Lázaro, em Lisboa em Abril...

☛ Aqui já tinha apresentado a biblioteca , ao tempo que andava curiosa em cá vir... :)

Foi a primeira vez, que eu tenha conhecimento, que visitei a freguesia em que nasci, São Jorge de Arroios... incrível como vivi e trabalhei em Lisboa tanto tempo, e nunca fui visitar a freguesia, o máximo que fiz foi visitar o hospital onde nasci, D. Estefânia...

Estando na Rua da Palma ou na Av. Almirante Reis virar para a Calçada Nova do Desterro, subir até ao fim da rua e após a paragem do autocarro nº 23 atravessar a rua, em frente situa-se a biblioteca.
Estando no Campo de Santana descer pela Rua do Saco até ao fim da rua, encontra a Junta de Freguesia da Pena e de seguida a biblioteca.

Então, chegada ao Martim Moniz, apanhei um autocarro no sentido Desterro. Como não sabia a distância, optei por apanhar o autocarro, e afinal fica mesmo ali há mão de semear, fica só a umas duas paragens de distância de onde apanhei o autocarro...


Fica a meia dúzia de passos da paragem, perguntei as instruções ao condutor, e ele orientou-me bem...

A Biblioteca São Lázaro dispõe de um acervo com mais de 20 mil documentos em diferentes suportes para consulta e empréstimo, entre livros infantis, literatura, manuais técnicos, revistas, jornais, CD e DVD. O acesso aos serviços é totalmente gratuito, tal como o são a requisição do cartão de leitor (comum a toda a rede de bibliotecas públicas de Lisboa) e o acesso a computadores e à internet com ou sem fios.
A Biblioteca São Lázaro desenvolve ainda um intenso trabalho de promoção do livro e da leitura com as escolas e com as famílias, havendo sempre atividades gratuitas para os mais jovens leitores aos sábados. Para o público adulto, apresentam-se regularmente workshops diversos, sessões de formação e lançamento e apresentação de livros.
O valor histórico e patrimonial do edifício da biblioteca municipal mais antiga de Lisboa é indiscutível. Criada em 1883, a Biblioteca de São Lázaro está instalada num edifício de arquitetura neoclássica erudita dos finais do séc. XIX, tendo como ex-libris, o seu Salão Nobre, no qual se destacam a disposição hexagonal da sala, o mezanino e o mobiliário da época, transportando os leitores para uma atmosfera verdadeiramente única em toda a cidade.
A beleza deste salão tem motivado um sem número de trabalhos de filmagem, fotografia e, só por si, vale a pena visitar a biblioteca.

Esta foi a minha pequena doação à biblioteca...







Comecei então a ter vislumbres da tão famosa sala! :D

















Passando pelas anteriores salas e estantes, lá chegamos nós à tão famosa e formosa sala :D








O livro dos livros! :O Que livro será este?...






O único senão desta biblioteca, é o facto de, devido ao fraco isolamento, é um tudo ou nada barulhenta... não só se houve os habituais ruídos citadinos, como tendo a escola mesmo ali ao lado, na hora do recreio, é um barulho incrível ali dentro, a quebrar a paz do silêncio e a interferir com os estudos e a atenção das pessoas, pelo menos a mim, e eu que estava só de visita, desconcentrou-me logo, porque foi a primeira vez em que entrei numa biblioteca onde não reina o silêncio, e para mim as bibliotecas são sinónimo de silêncio, quase de meditação...

Sendo a biblioteca mais antiga de Lisboa, pelo serviço que presta e a história que tem, deveria de levar umas reformas valentes, em vários aspectos, sendo o principal mas obras e levar um extremo isolamento tanto de som, como para manter o ambiente menos húmido, entre outros aspectos...







Senti-me quase em Hogwarts... ❤



Outro "problemazito" é tentarmos abrir os armários para termos acesso aos livros... não é uma façanha silenciosa...









Pessoalmente, senti-me mais dentro do mundo Harry Potter nesta sala desta biblioteca, do que na livraria Lello...












Se eu pudesse requisitar um livro desta biblioteca, seria este, que eu ando tão curiosa por ler este livro!! ♥


Como as salas são pequeninas, as estantes são estas, que através do sistema da manivela, ajustamos  as prateleiras consoante o que pretendemos consultar... puxamos a manivela para um lado, abra-se um conjunto de estantes, fecha-se outro, abre-se um, fecha-se outro automaticamente, e assim sucessivamente, para aproveitar o espaço. Normalmente este tipo de estantes estão nos arquivos das bibliotecas, onde estão os livros que, por falta de espaço, são assim armazenados, ou os livros que ainda estão para catalogar, resumindo, todos os livros que pertencem ao acervo da biblioteca, mas não estão expostos... 












Revistas e periódicos diários...


Aqui estão os livros que a biblioteca ou têm repetidos, ou os tem estagnados, então faz esta oferta ao público, onde, quem quiser, pode levar gratuitamente..


Como só agora me comecei a organizar melhor e a criar ferramentas e acessórios para estas visitas que faço, terras que conheço, etc, eu não sei onde estão os meus apontamentos desta visita, tal como me faltam fotos de outras bibliotecas que visitei em Lisboa e está a dar-me cabo da cabeça este mistério, no entanto o que recordo desta visita, é que a biblioteca tenta ter um papel social activo e importante nesta freguesia, ajudar famílias com necessidades, com eventos para todos, especialmente aos mais pequenos..

Os livros que que têm mais necessiade, são os direccionados ao público infanto-juvenil, e romances/policiais/trhillers, especialmente as novidades do mercado.

E vocês? Já visitaram esta biblioteca? São ou foram usuários dela?! :D

18 comentários:

  1. Costumo frequentar a biblioteca do Palácio das Galveias :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa ainda não conheço, mas estou a fazer contas de lá ir :D

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Ah, há tanto para ver e conhecer e nos apaixonar... ❤

      Eliminar
  3. Nunca visitei esta biblioteca mas merece, sem dúvida, uma visita. O Salão Nobre e o mobiliário antigo são maravilhosos. Espero que brevemente haja fundos para os restauros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, também eu espero, que bem precisa, mantendo a beleza original dela, mas com melhores condições... :)

      Eliminar
  4. É um autêntico serviço público estas apresentações que fazes das bibliotecas do nosso país! Obrigada! :D

    ResponderEliminar
  5. Vi o livro do Edgar Allan Poe é venda por um preço jeitosinho na bibliofeira( http://www.bibliofeira.com/)
    Costuma ter livros a preço bastante acessivel e em muito bom estado ;-)

    ResponderEliminar
  6. Eu já visitei esta biblioteca e acho-a linda! Quando passamos para a sala de leitura parece que vamos para outro tempo <3

    ResponderEliminar
  7. Ainda não tive oportunidade de visitar mas pelas fotos e descrição vale muito a pena. Se tiver oportunidade irei com certeza passar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom! :D Vale bem a pena, sem dúvida, é outro mundo, e para quem é fã de Harry Potter então, é uma espécie de pedacinho de Hogwarts ali mesmo à mão =P

      Eliminar
  8. Bem merece restauro,é linda,mágica!
    "Visto do céu" já li, faz tempo, mas é forte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não cheguei a ler o livro, porque vi o filme e fiquei chocada o suficiente :/

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑