Opinião: A pequena rã da boca grande | Francine Vidal

Texto: Francine Vidal Ilustrações: Élodie Nouhen Tradução: Suzana Ramos
SINOPSE: A pequena rã da boca grande é um conto popular que, em França, encontrou o seu espaço entre os clássicos da literatura para a infância. É a história duma rãzinha com uma grande bocarra que, um belo dia, enjoada com o seu menu de moscas e mosquitos, decide partir à descoberta de novos sabores: Mosquitos ao jantar, mosquitos ao almoço, mosquitos ao deitar! Não haverá mais nada para petiscar?. Saltitando de página em página, a nossa rãzinha vai querer saber o que come cada um dos animais que encontra pelo caminho. Mas, de regresso ao seu charco, de barriga vazia, tem uma grande surpresa: Ah! Nunca na vida vi tamanho animal!.
Um texto repleto de humor, construído a partir de rimas e repetições, para descobrir a cada nova leitura. As belíssimas ilustrações, combinando colagem e pintura, convocam os nossos sentidos para esta viagem que nos dá a conhecer vários animais e os seus hábitos.

Bem, a sinopse já conta o essencial da história e do livro, até me deixou sem ter o que escrever! :P

Nota-se logo que não é um conto típico Português, mas é giro e original, as rimas e repetições tê uma conotação musical, as ilustrações são lindíssimas, o livro é grande e comprido, para se ler com ele pousado e passarmos as mãos pelas folhas, ilustrações, cores, personagens...
Só há uma coisa que, não sei se é por ser adulta ou não, a ler um livro infato-juvenil, mas eu não compreendi a moral da história... a não ser que a moral da história seja "a curiosidade matou o gato", ou se é para fazer rir com o desfecho inesperado, sinceramente, de tudo, só não percebi foi a moral a história... se calhar, não há moral da história nenhuma, e o presente livro é apenas um livro onde aprendemos o que diversos animais da selva e do pântano comem... o tigre, o papa formigas, a girafa, entre ouros,  enquanto aprendemos a desenvoltura das palavras e das rimas, pois até para mim, que li em voz alta para o meu gato para testar a fonética, ouve ali partes que tive de repetir, pois ao ler muito rápido fazia uma espécie de trava-línguas...
Um divertido livro para as crianças praticarem a fonética, e se deliciar com a história e as ilustrações.


22 comentários:

  1. Quem me dera no tempo em que era pequena haver livros assim, tão engraçados :)
    É uma boa aposta! :)

    Beijinhos,
    Sónia Carvalho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Né? Isso é o que eu ultimamente ando sempre a dizer! lool
      Ando sempre a queixar-me do mesmo, porque é que no meu tempo não havia livros assim?

      Eliminar
  2. Agora os livros infantis são tão engraçados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E lindos, e com histórias de ir desde ao coração até ao mais profundo da alma! :O

      Eliminar
  3. Seria uma bela prenda para oferecer à minha sobrinha.

    ResponderEliminar
  4. Não tendo lido o livro e não conhecendo o desfecho, talvez a mensagem seja que há muito no mundo para descobrir e experienciar e não nos deixarmos ficar numa redoma (ou isto está completamente ao lago? :) ).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é o que dá a entender, não é?? Eu também pensei nisso!
      Mas depois chegas ao final e ficas tipo... O_O?
      Eu, sinceramente, desatei-me a rir no final, de tão inesperado que foi, por isso não sei se o propósito é fazer rir, se é, como já ouvi dizer, nos contentarmos com o que temos (que eu não acho ser uma boa lição de moral), olha, eu não sei, o que sei é que é muito giro, o fonética é fantástica e cativante, e prefiro a minha versão que é um livro giro para aprender a ler, e nos fazer rir :)

      Eliminar
  5. Não costumo ler este género de livros,nem achei piada ao O Principezinho (já sei que é considerado um grande livro com una grande moral da história, mas... acho-o sem sabor, por assim dizer!) Mas realmente hoje em dia há uma variedade grande de livros para crianças que não havia há 30 anos atrás.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Né?? Eu posso estar muito enganada, ou ser eu que não tinha acesso a eles, mas não, que felizmente os meus pais compravam-me livros, e eu usava a biblioteca da escola, mais tarde a municipal, todos os meus troquinhos eram para livros, desde miúda que ia a feiras do livro, e eu sempre li livros para "maiores" porque os infantis não me cativavam minimamente, eram básicos e repetitivos, mais do mesmo, e não eram tão giros como estes são agora, nem as histórias tão profundas...

      De facto, li O Principezinho tal como toda a gente daquele tempo, por imposição escolar, (depois comecei-me a rebelar contra essas imposições, tanto que há imensos clássicos que nunca li, mas isso é outra história), e li, gostei do género... "lê-se", mas não me maravilhou loucamente por aí além, tanto que eu tentei ver o filme por duas vezes e ainda nem o terminei, e já lá vão uns bons tempos, tal como "Alice no País das Maravilhas", já li livros e vi filmes, mas nunca foi uma história que me cativasse por aí além, e é a loucura de uns e outros, das mais faladas de todos os tempos, não sei...

      Mas eu pessoalmente sempre fui assim, não sou de modas, quando gosto gosto genuinamente, por mim... tanto que já desde pequena, nos desenhos animados, por exemplo, eu gostava sempre ou da personagem secundária ou mesmo do "mau"... :P

      Gostos são gostos, e desde que se goste, e nos enchamos de cultura e literatura, é o que importa, o resto são pormenores ;)

      Eliminar
  6. temos livros tao engraçados para as criancas de hoje...e muitas delas nao ligam nenhuma.... quando era miuda gostava tanto de ler e nao existia muito mercado...nem muito dinheiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos duas com esse pensamento preciso... infelizmente, a verdade é mesmo essa :(
      Mas felizmente já se anda a fazer para mudar isso, muitas iniciativas pessoais, mas especialmente das bibliotecas, esperemos que ajudem a mudar essa realidade, se bem que a realidade de no nosso tempo não haver esta variedade não dê para mudar, o que lá vai, lá vai, mas isso não impede que nos deliciemos com estas histórias agora :)

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑