Opinião: As flores perdidas de Alice Hart | Holly Ringland

Um romance sobre as histórias que deixamos por contar e sobre as que contamos a nós próprios para sobrevivermos.
SINOPSE: Alice tem nove anos e vive num local isolado, idílico, entre o mar e os canaviais, onde as flores encantadas da mãe e as suas mensagens secretas a protegem dos monstros que vivem dentro do pai.
Quando uma enorme tragédia muda a sua vida irrevogavelmente, Alice vai viver com a avó numa quinta de cultivo de flores que é também um refúgio para mulheres sozinhas ou destroçadas pela vida. Ali, Alice passa a usar a linguagem das flores para dizer o que é demasiado difícil transmitir por palavras.
À medida que o tempo passa, os terríveis segredos da família, uma traição avassaladora e um homem que afinal não é quem parecia ser, fazem Alice perceber que algumas histórias são demasiado complexas para serem contadas através das flores. E para conquistar a liberdade que tanto deseja, Alice terá de encontrar coragem para ser a verdadeira e única dona da história mais poderosa de todas: a sua.

Este é daqueles livros que nos deixam a suspirar de alívio quando acaba, mas com um peso no coração, um sentimento de de perna inexplicável... quem não aprende com a história, tende a repeti-la, certo? É o que se diz, talvez seja verdade...

Quando dei por mim, horas tinham-se passado, nem sem me mexer nem sequer para comer, de tal forma que fiquei embrenhada na história a determinada altura, como se estivesse realmente a viver tudo aquilo, em vez de me limitar a assistir...

Apesar de ter sido a minha estreia com esta autora, achei a sua escrita estranhamente familiar e reconfortante... até que no final, fiz a ligação, chegou a mim como um relâmpago... se puder associar a escrita e a história a outras duas autoras que eu adoro, posso afirmar sem qualquer receio de estar a falhar para com qualquer uma delas que Holly Ringland é um misto chocante e encantador de Lesley PearseAlice Hoffman.

Esta é uma história dentro de histórias, dentro de outras histórias que se interligam, curiosamente, acabando sempre em flores, em fogo, ou flores que dependem do fogo para florescer.... se eu já aprecio flores, agora aprecio-as ainda mais, o seu significado, a sua história, pois cada uma tem uma história, uma vida, ... e cada capítulo da história, tem a imagem de uma flor, e o seu significado...
Quem agarrar neste livro tão bonito, com flores por fora e por dentro, vai apanhar uma bela surpresa com a tristeza e a violência que este livro encerra... numa escrita tão sentida e profunda, que mesmo quem nunca passou pelas situações aqui relatadas, vai ficar sem fôlego, e quem já passou por alguma e as ler desta forma, neste contexto, com esta emoção e intensidade, bem... vai ficar como eu estou agora....

Não me vou demorar mais a escrever sobre o livro, que personagem gostei mais ou menos, todas elas têm a sua importância e a sua história, o seu interesse, e o mais importante, o que eu senti já está escrito, e cada pessoa vai sentir esta história à sua maneira, porque este livro não é para ser explicado, é para ser lido e ser vivido... parar, parar mesmo, parar tudo e ler... e sentir... e desfrutar... e pensar.... e aprender...


27 comentários:

  1. Respostas
    1. É um bom livro, com uma história que é recheada de várias histórias muito cativante :D

      Eliminar
  2. Despertou-me a vontade de encontrar este livro...

    Um beijinho,

    www.nohabitatdeumaintrovertida.sapo.blogs.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não é que sexta-feira o encontrei na Estação de Correios do meu Concelho!!! Claro que agarrei-o logo... e é de facto fenomenal!

      Eliminar
  3. Tenho na estante para ler... Próxima leitura 😋

    ResponderEliminar
  4. Também nunca li nada da autora. A capa é lindíssima. Uma história com camadas que não deixam o leitor indiferente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, e camadas é o que não falta nesta história além das encantadoras ilustrações :)

      Eliminar
  5. Ando louca por este livro, é com cada opinião fabulosa, a tua deixou-me a suspirar ainda mais.
    Leitura obrigatória ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conhecendo o que conheço de ti, vais amar este livro e até vais deixar de dormir e comer para o terminar, acredita ;)

      Eliminar
  6. Já o tenho mas ainda não encontrei o tempo necessário para o ler. Já li outras opiniões, todas boas. Dá mesmo vontade de o ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que depois de começares a leitura, já não vai dar para parar ;)

      Eliminar
  7. Este é um título que desejo muito ler...
    E é uma grande verdade, quando não aprendemos com os erros temos tendência a repeti-los.

    Beijinhos,
    Sónia Carvalho

    ResponderEliminar
  8. É um daqueles livros que desperta a curiosidade pela sua belíssima estética e, pelo que contas, o conteúdo não lhe deve ficar atrás.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, neste caso o conteúdo não fica nada atrás, pelo contrário! :D

      Eliminar
  9. deve ser um livro super interessante, para alem de ter uma capa lindissima e um interior com as mesmas flores da capA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este é daqueles livros que encanta pela capa, e pelo conteúdo :D

      Eliminar
  10. Tenho o livro e pelas criticas que tenho ouvido estou desejosa de o ler

    ResponderEliminar
  11. Deve ser um livro forte em emoções sem qualquer dúvida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo muito, muito intenso e cheio de emoções contraditórias...

      Eliminar
  12. Adorava ler... está na minha lista de Natal!

    ResponderEliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑