[Opinião] A Herdeira dos Olhos Tristes | Karen Swan

A verdade por trás das aparências. O testemunho de um amor escondido nos túneis de Roma.

A Herdeira dos Olhos Tristes centra-se na vida de uma mulher que tinha tudo para ser feliz e na de uma jovem advogada em fuga do seu passado. Duas histórias improváveis que se cruzam, revelando um mundo assente em intrigas e mentiras e todo o esplendor da cidade de Roma.
Os leitores dizem que se trata de um romance de leitura compulsiva, uma obra contemporânea tão convincente quanto fascinante. No site Goodreads há quem o classifique como um livro "inteligente, enigmático e hipnotizante sobre o poder do amor e tudo aquilo que somos capazes de fazer por ele."

Acabei de ler este livro e tenho para com esta leitura sentimentos e emoções mistas e contraditórias...
Por um lado adorei, por outro tinha tudo para ser MUITO melhor!

A história foca-se essencialmente nas vidas de Francesca Hackett - 20 e muitos anos, pobre (mergulhamos na vida dela, no presente) e da Principessa Helena Valentine - 70 e picos anos, rica (mergulhamos na vida dela no passado), e vamos vendo como a vida das duas se envolve e desenvolve controversamente, alterando entre o passado e o pressente.

A escrita é muito simples acessível, fácil de ler, no entanto chega a ser por vezes algo repetitiva, com as mesmas descrições a serem usadas várias vezes de forma pouco original. Por exemplo, "malfadado" e "apessoado" são usadas demasiadas vezes, o que torna a narração algo... descuidada?
Fora isso, gostei da forma de escrita deste livro, muito pessoal e até quase faz parecer a forma como eu mesma escrevo as minhas opiniões e até a forma como falo, as expressões que eu mesma uso! Adorei isso.

No entanto, também senti que várias partes do livro parecem ter sido escritas quase à pressa, havendo demasiadas coincidências, situações a pura e simplesmente acontecerem naquela altura, naquele dia, um dia a seguir ao outro, forçando a acção a decorrer, forçando a história, tornando o enredo pouco credível...
Isto nota-se especialmente na narração do presente. As partes do livro de que mais gostei foram as memórias do passado de Helena, que estão muito bem escritas, detalhadas, num ritmo envolvente e fascinante, se todo o livro tivesse este mesmo ritmo, fluência e credibilidade, então teria sido sem dúvida um dos meus livros preferidos de sempre!
Adorei a forma como a história de Helena foi misturada com a história de personagens influentes  e famosos daquela época (anos 60/70/80), Aristóteles Onassis, Elizabeth Taylor, Walt Bellamy, John Travolta, Jerry Hall, Mick Jagger, Halston, Trruman, Brooke Shields, Yves Saint Laurent, Loulou de la Falaise, ... Actores famosos, realizadores, estrelas da moda, socialites, pessoas influentes, as festas, convivios, clubes, o que se comia, o que se vestia, as músicas que se ouviam, tudo bem explorado e mesclado.

O problema é quando o livro retoma ao presente, e quase tudo se torna apressado e descuidado, cheio de coincidências improváveis, até mesmo o romance que entretanto se desenrola, previsível e pouco natural, com situações pobremente exploradas, senti mesmo o forçar das situações, deduzo eu: para tentar criar contexto e expor as revelações, no entanto estas partes poderiam estar muito mais bem desenvolvidas, pois tinha tudo para isso!

Ou seja, apesar de ser uma boa história, cheia de drama, intrigas, mentiras, revelações, voltas e reviravoltas, que foi o que mais me cativou na leitura, também está cheia de situações forçadas e pouco naturais, situações contraditórias e algumas que pouco sentido fazem...

Tanto que para mim, a revelação final não fez sentido nenhum. Está muito bem pensado, seria uma boa ideia, mas para mim, não é minimamente credível.
Na sinopse lemos a descrição do livro como "convincente", no entanto as únicas partes que achei realmente convincente e me fizeram perder na leitura, foi o relato (verdadeiro!) da vida de Helena, no passado.

Sendo Helena sem dúvida uma personagem controversa (e que personagem ela é!), terminei a leitura sem saber se gosto dela, ou se a odeio profundamente...

Resumindo, foi um livro que gostei de ler, é um livro cheio de emoções e drama, vidas cheias de vida e aventura, mentiras, traições, nobreza e aparências, intrigas e egoísmo, paixão e amor desmedidos... É possível ter todo o dinheiro e conforto do mundo, e ser a herdeira dos olhos tristes?...


8 comentários:

  1. Ainda não li este livro mas a sinopse tinha-me deixado curiosa. Depois de ler a opinião fico na dúvida se valerá a pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, vale sempre a pena ler um livro, porque o que para um pode não dizer nada, para outro pode ser o livro da sua vida! ;)

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑