Entrevista à Biblioteca Municipal da Batalha - José Travaços Santos

25 de abril de 2018

Depois da apresentação e da minha visita à Biblioteca Municipal da Batalha, vem a tão esperada entrevista!

Liliana Carvalho (LC) 
Biblioteca Municipal José Travaços Santos (BMJTV)

 

LC: Qual é a história da Biblioteca?
BMJTV: A Biblioteca Municipal da Batalha foi formalmente constituída em 1989, com o apoio da Rede de Bibliotecas Fixas do SBAL (Serviço de Bibliotecas e Apoio à Leitura) da Fundação Calouste Gulbenkian, responsável pela atualização do fundo bibliográfico e do equipamento, então existente. O aumento da população no Concelho e a preocupação em garantir aos leitores um serviço de qualidade, ditou a aposta na construção de um novo edifício, contíguo à Câmara Municipal, inaugurado a 17 de Março de 2001.

Um ano mais tarde, com o terminus do SBAL, a responsabilidade de aquisição do fundo documental e a manutenção dos serviços passam a ser inteiramente da responsabilidade da Autarquia da Batalha. Instalada num moderno edifício, que cumpre todos os requisitos para o fomento da leitura garantindo, em complemento, o acesso a documentos multimédia (num total de mais de 28.000 registos), a Biblioteca da Batalha é hoje uma referência nacional, devido aos inúmeros projectos de fomento à leitura que tem colocado em prática.

De frigoríficos instalados em Bares que no seu interior contêm obras literárias para consulta, a uma máquina que empresta livros 24 horas por dia, esta é uma história de sucesso, de uma instituição vocacionada para a difusão da cultura e do lazer. Tendo por base a descentralização dos serviços de leitura, foi criado em 2004, o Pólo de São Mamede da Biblioteca da Batalha, instalado no mesmo edifício da Junta de Freguesia local. Constitui também uma referência da Biblioteca da Batalha, a realização anual, junto ao Mosteiro de Santa Maria da Vitória, da Feira do Livro e do Jogo. Para além da presença das principais editoras do país, o evento conta com um programa de animação bastante representativo e variado.
A 14 de Agosto de 2013, o equipamento passou a designar-se Biblioteca Municipal José Travaços Santos, num reconhecimento do Município, ao conceituado etnógrafo e historiador da Batalha.

LC: Quem pode utilizar a biblioteca?
BMJTV: A comunidade em geral, sem exceção.
A colecção da biblioteca conta com mais de 46 mil títulos, incluindo documentos áudio, vídeo e multimédia, e possui tablets para utilização dos leitores. Disponibiliza também o acesso a mais de 200 títulos em formatos acessíveis (braille, audiolivros, entre outros, ...).
LC: O que é necessário para fazer o cartão de leitor da biblioteca BMJTV?
BMJTV: Bilhete de Identidade, Cédula Pessoal ou outro documento oficial, comprovativo de residência (recibo da luz eléctrica, da água ou outro) e, se tiver menos de 14 anos, a Ficha de Autorização (cedida pela Biblioteca) devidamente preenchida e assinada pelo Encarregado (a) de Educação.

LC: Tem de se pagar alguma coisa para usar a biblioteca ou pelo cartão de utilizador?
BMJTV: Não, o cartão de utilizador é gratuito. A segunda via está sujeita a um pagamento fixado no Regulamento e Tabela de Taxas e Tarifas Municipais.

LC: No caso de perder se perder o cartão da biblioteca, como se deve proceder?
BMJTV: Deve avisar com a maior brevidade os serviços da biblioteca. Para obter a segunda via do cartão de leitor terá de se dirigir ao balcão da recepção e solicitar a mesma mediante o pagamento de 1,24€

LC: As crianças podem fazer o cartão e requisitarem livros sozinhas? O que têm de fazer?
BMJTV: Não. Os menores terão de se fazer acompanhar com o encarregado de educação ou um adulto responsável.

LC: Que serviços da biblioteca se pode utilizar sem o cartão de leitor?
BMJTV: Só leitura presencial e utilização do Espaço Internet. Para os restantes serviços é obrigatória a apresentação do cartão de utilizador.
 
LC: A BMJTV empresta outras coisas, além de livros?
BMJTV: Sim, monografias e publicações periódicas, CD, Vídeo, DVD ou CD-ROM.

LC: Que tipo de livros são os mais requisitados?
BMJTV: Literatura para adulto e infanto-juvenil.

LC: Quantos livros se pode levar por empréstimo? Qual o prazo da requisição? Pode renovar-se por mais dias? Quantos dias adicionais e como se faz para renovar o prazo de requisição?
BMJTV: Cada utilizador poderá requisitar de cada vez:
a) Por um período de quinze dias, até 5 documentos de material livro (monografias e publicações periódicas) 
b) Por um período de sete dias, 1 documento audiovisual ou multimédia (CD, Vídeo, DVD ou CD-ROM). 
A biblioteca poderá efectuar empréstimos especiais a escolas do concelho, a Bibliotecas ou instituições de reconhecida utilidade pública e cultural. Nestes casos, o nº de documentos e o prazo de empréstimo serão os que forem acordados caso a caso.  

Nos casos de utilizadores sujeitos a situações de limitação de mobilidade ou doença prolongada e mediante solicitação dos interessados, a Biblioteca poderá facilitar gratuitamente a entrega domiciliária de documentos e proceder à sua recolha, desde que possua os necessários recursos humanos e materiais para a sua efectivação.  

O utilizador deve, antes de requisitar um documento para empréstimo, certificar-se do seu bom estado e, se for caso disso, alertar o funcionário, a fim de não lhe ser imputada a responsabilidade por danificação do mesmo. 
LC: Somos avisados de quando o prazo está para acabar ou que tipo de informação recebemos para saber o prazo de entrega?
BMJTV: Todos os documentos emprestados exibem a data de entrega na sua contracapa

LC: O que acontece quando se entrega livros fora do prazo? Avisam os leitores que estão em falta através de algum meio de comunicação? Há penalizações?
BMJTV: O utilizador ficará interdito a nova requisição pelo prazo fixado pelos serviços: cada dia de atraso na devolução dos documentos requisitados implica a suspensão de requisição por igual período.

LC: Outra pessoa pode devolver os livros por mim? E requisitar por mim?
BMJTV: Devolver sim, requisitar pode, desde que a biblioteca contenha uma autorização por escrito.

LC: Há a possibilidade de fazer a devolução de um documento por correio?
BMJTV: Sim, pode fazer a devolução de um documento por correio registado, com alguns dias de antecedência em relação à data de devolução para evitar penalizações.

LC: Como posso solicitar a renovação do prazo de entrega?
BMJTV: Pessoalmente no balcão de atendimento da Biblioteca da Batalha, por telefone 244 769 871, ou por Email: biblioteca@cm-batalha.pt  

LC: De quanto tempo disponho para levantar um documento reservado?
BMJTV: Os documentos reservados estão disponíveis durante dois dias, a contar da data do aviso telefónico.  
LC: Quais os livros que não podem ser requisitados e porquê?
BMJTV: Estão desde logo interditos a empréstimo domiciliário os seguintes documentos: enciclopédias, dicionários, jornais, último número de publicações periódicas, documentos em mau estado de conservação, com mais de 50 anos e de difícil reposição.

LC: Quem perder ou danificar um livro acidentalmente, o que tem de fazer? Qual o processo que se segue a partir dai?
BMJTV: Qualquer pessoa que perca ou danifique um documento deverá fazer a reposição com outro exemplar da mesma edição ou de edição mais recente. Poderá ainda optar por solicitar à Biblioteca que realize a aquisição do mesmo, caso não o encontre nas livrarias. Neste caso, será previamente informado do valor a pagar.

LC: O que é que as pessoas que pretendam doar livros à BMJTV têm de fazer, e como é gerido pela biblioteca a doação de livros por particulares?
Nota pessoal da Liliana: Como não tive uma resposta esclarecedora neste ponto, não vale a pena colocar aqui para não confundir ninguém. Da minha visita soube que aceitam de bom grado doações, especialmente livros direccionados para o público mais jovem, e romances, policiais, etc para o público adulto. Devido à escassez de espaço, dão preferência a livros em bom estado e rentes, (tal como todas as bibliotecas), e se possível livros que não sejam repetidos (dá para consultar o catálogo, que foi o que eu fiz antes de fazer a minha doação ou contactar por telefone para nos informarmos).
Aceitaram muito bem, com agrado, agradecimentos e simpatia a minha doação.

LC: Que tipo de artigos aceitam para doação? 
BMJTV: Fundo documental – Livro e não-livro (ex: dvds, cds, áudio-livros,...).

LC: E quais o que não aceitam como doação? 
BMJTV: Fundo Documental em mau estado de conservação.
 
LC: Se os livros doados não ficarem na biblioteca e forem reencaminhados para outros sítios, os doadores serão avisados?
BMJTV: Sim.

LC: Os livros a que a biblioteca deixa de dar uso e são doados, a que instituições são doados? Que instituições os aceitam os livros?
BMJTV: Já efetivamos várias doações a instituições de utilidade pública.

LC: Fora as doações feitas pelos utilizadores da biblioteca, quais os outros meios que a biblioteca tem para arranjar livros?
BMJTV: A BMJTS dispõe de uma verba atribuída anualmente pelo Município da Batalha, para realizar aquisição mensal.

LC: Quem são os maiores doadores de livros à BMJTV?
BMJTV: Os nossos utilizadores.



LC: Até que ponto as bibliotecas levam ao hábito da leitura?
BMJTV: O papel da biblioteca pública é fundamental na criação de hábitos de leitura pois, concede a oportunidade de criar e fortalecer hábitos de leitura nas crianças, desde a primeira infância;  O apoio na educação individual e a autoformação, assim como a educação formal a todos os níveis; Oferece a possibilidade de um desenvolvimento pessoal e estimula a imaginação e criatividade das crianças e jovens.



LC: Quais são os maiores utilizadores da biblioteca?
BMJTV: A média de frequentadores é bastante equilibrada em todas as faixas etárias.

LC: Que faixa etária mais frequentemente requisita livros na biblioteca?
BMJTV: Adultos e crianças.

LC: Qual o nível de compromisso dos usuários da biblioteca em relação ao cumprimento do prazo de entrega dos livros?
BMJTV: Satisfatório.

LC: Quais os cuidados que as pessoas que requisitam os livros devem de ter com os mesmos, de modo a serem preservados?
BMJTV: Todo o cuidado possível de forma a proceder à entrega nas devidas condições.

LC: É mais comum as pessoas requisitarem livros ou ficarem a ler na biblioteca?
BMJTV: As duas situações estão equiparáveis.
LC: Quem pode utilizar o Espaço Internet?
BMJTV: Todos as pessoas inscritas. Se possuir computador portátil dotado de tecnologia Wi-Fi (Wireless) pode utilizá-lo na sala de leitura, livremente, sem qualquer inscrição nem tempo limite.

LC: Há a possibilidade de se imprimir pesquisas feitas na Internet ou outros documentos?
BMJTV: Sim. Podem ser feitas impressões quer de pesquisas feitas na Internet, quer de outros documentos desde que informe o funcionário na recepção e mediante o pagamento das mesmas.

LC: Que tipo de actividades a BMJTV oferece ao público?
BMJTV: Sessões da Hora do Conto, Encontro com Escritores, Feira do Livro e do Jogo, Serviço da Biblioteca Itinerante, entre outras atividades de complemento ao livro e à leitura.

Exemplo de eventos oferecidos pela biblioteca e município:

 Município disponibiliza programa de voluntariado destinado aos jovens
O Município da Batalha, em parceria com as instituições sociais locais e os Bombeiros Voluntários da Batalha, promove um programa de voluntariado jovem, no período das férias escolares, com o objetivo de proporcionar aos jovens residentes no concelho uma experiência de voluntariado e de participação cívica em diferentes projetos.
O programa, destina-se a jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 25 anos, que poderão optar por realizar uma atividade voluntária durante um período pretendido, entre os meses de julho e setembro, nas seguintes áreas: apoio a idosos e crianças, saúde, biblioteca, cultura/património e loja social.
As inscrições são efetuadas junto do Gabinete de Desenvolvimento Social do Município da Batalha, onde é possível obter informações mais detalhadas sobre os projetos e entidades envolvidas, ou através do contacto 244769110.

* Podem seguir as novidades da biblioteca pela página facebook.

LC: Os autores de livros podem marcar palestras/apresentações dos seus livros na BMJTV? Qual o processo que os interessados têm de seguir para o fazer e quais os custos?
BMJTV: Enviar comunicação prévia com todos os procedimentos relativos à prática da sessão, carecendo de autorização superior.

LC: Quais os meios que a biblioteca usa para o incentivo à leitura?
BMJTV: Sessões da Hora do Conto, Encontro com Escritores, Feira do Livro e do Jogo, Serviço da Biblioteca Itinerante, entre outras atividades de complemento ao livro e à leitura.
Biblioteca Itinerante


LC: A biblioteca é também utilizada para outras actividades, por exemplo reuniões, festas, entrevistas?
BMJTV: Não.

LC: Que potencialidades acha que a BMJTV poderá oferecer no futuro?
BMJTV: Alcançar diferentes públicos.

Informação Complementar
Complementa o serviço que presta à comunidade com uma Biblioteca Itinerante que promove o livro e a leitura junto das populações mais afastadas da sede do Concelho.
 

Numa lógica de complementaridade da Biblioteca e do Pólo de São Mamede, a Biblioteca Itinerante também desenvolve acções nas Instituições de Solidariedade Social do Concelho. A carrinha, que foi substituída em 2009, está apetrechada com equipamento informático que permite disponibilizar acesso à Internet, e dispõe de um fundo documental de cerca de mil documentos.
Ao longo dos anos tem vindo a desenvolver diversos projectos de promoção da leitura, entre eles o Concurso Literário "O Fio da Memória - o Conto", as "Histórias do Fumeiro" - projeto de dramatização de histórias tradicionais nas IPSS do concelho, o projeto de dinamização de leitura no Estabelecimento Prisional de Leiria,"Biblioteca, Uma Porta Aberta", o "Biblioclube 24" – Máquina de empréstimo de livros, os "frigoríficos com livros" em bares, bem como a organização anual da Feira do Livro e do Jogo da Batalha.

Desde 2012, integra a Rede de Bibliotecas Associadas à Comissão Nacional da Unesco.
LC: Qual considera ser a importância das Bibliotecas públicas na nossa comunidade/sociedade?
BMJTV: Na nossa sociedade, o papel da biblioteca pública é de vital importância na medida em que se tornou um local disseminador de informação, atuando para diminuir as desigualdades existentes socialmente. A biblioteca pública pode segmentar o mercado e oferecer produtos e serviços racionalmente estruturados de acordo com as necessidades de informação da comunidade.

LC: Quantos livros existem na BMJTV? 
BMJTV: O espólio da BMJTV ascende os 40 mil títulos.

LC: Posso sugerir a aquisição de determinado livro  para a Biblioteca?
BMJTV: Sim. Todos os utilizadores podem fazer sugestões de aquisição de bibliografia junto das técnicas. Essas aquisições ficam sujeitas à disponibilidade orçamental e ao interesse da obra para os utentes.

LC: Quando a biblioteca têm demasiados exemplares do mesmo livro, o que faz?
BMJTV: Esses livros completam os fundos documentais do Pólo de São Mamede e Biblioteca Itinerante.

LC: De que tipo de livros a BMJTV tem maior necessidade? 
BMJTV: Literatura Infanto-Juvenil.

LC: O que fazem com os livros mais antigos, estragados, sem condições?
BMJTV: Após um rigoroso expurgo abatemos os documentos que não têm recuperação possível.

LC: De que forma são abatidos os livros que já não têm salvação possível?
BMJTV: Procedemos à baixa dos documentos na base de dados da biblioteca.

LC: Costumam colocar as novas aquisições em destaque? Onde?
BMJTV: Sim, em estantes e locais propositados para o efeito.
LC: Encontram-se na biblioteca livros noutras línguas? De que tipo? São requisitados?
BMJTV: Sim, principalmente em inglês e francês. Os livros ingleses têm uma maior procura.

LC: Como estão organizados os livros nas prateleiras? O que significa o número da lombada dos livros?
BMJTV: Os livros estão organizados segundo a tabela de Classificação Decimal Universal. Na lombada de cada livro encontra-se o assunto em forma decimal e as três primeiras letras do apelido do autor.
LC: Qual o dia mais movimentado da biblioteca?
BMJTV: Quartas-Feiras.

LC: Como considera que deve ser uma biblioteca de qualidade?
BMJTV: São objectivos da Biblioteca Municipal:
a) Contribuir para o desenvolvimento de valores fundamentais e o exercício de direitos democráticos e de cidadania, proporcionando aos seus utilizadores o livre acesso à cultura e à informação, independentemente das suas ideias, sexo, raça, nacionalidade, nível cultural, credos religiosos ou opções políticas;
b) Facilitar o acesso ao uso de equipamentos de tecnologias de informação e comunicação e à consulta e leitura de livros periódicos, documentos áudio e audiovisuais, multimédia, electrónicos e material lúdico, adquirindo-os, organizando-os e disponibilizando-os para, deste modo, dar resposta às necessidades de informação, cultura e lazer e educação permanentes, no pleno respeito pela diversidade de gostos e escolhas, segundo os princípios definidos pelo Manifesto da UNESCO para as Bibliotecas Públicas;
c) Promover o intercâmbio e cooperação de actividades com outras instituições e organismos;
d) Desenvolver actividades culturais e acções de formação e informação.

Para atingir estes objectivos são atribuídas à Biblioteca as seguintes competências: 
a) Difundir informação em diferentes suportes para satisfazer as necessidades culturais, pedagógicas e curriculares;
b) Oferecer assistência e orientação nas pesquisas bibliográficas;
c) Localizar e solicitar documentos que os seus fundos não integram;
d) Impulsionar actividades que fomentem a leitura como meio de entretenimento e de informação;
e) Promover acções de divulgação e animação cultural;
f) Facilitar o desenvolvimento das capacidades necessárias para a utilização da informação, das tecnologias da informação e comunicação nas suas diferentes formas e suportes;
g) Coordenar os planos de selecção e aquisição;
h) Assegurar a organização e bom estado de conservação dos recursos e da documentação existente, independentemente do suporte de tal modo que sejam acessíveis e utilizáveis;
i) Actuar como ligação com outras fontes e serviços de informação externas;
j) Propor o Plano Anual de Actividades

LC: Quantos funcionários existem e que tipo de funções desempenham na BMJTV?
BMJTV: A Equipa é composta por 4 Técnicas de Biblioteca e 1 Chefe de Divisão.

LC: Quais os espaços da BMJTV mais visitados/usados?
BMJTV: De modo geral todos os espaços são utilizados.

LC: Em termos de espaços, considera a BMJTV atractiva e funcional?
BMJTV: Sim, bastante.

LC: Quais considera serem as maiores limitações da biblioteca?
BMJTV: Edifício com 2 pisos.

LC: A biblioteca tem um catálogo online onde se pode consultar os livros disponíveis para empréstimo? Qual o link? E como podem os usuários inscrever-se para ter acesso online?
BMJTV: Sim. Catálogo online

LC: Como posso saber se a Biblioteca tem um documento específico que eu procuro?
BMJTV: Pode dirigir-se ao balcão de atendimento ou contactar a Biblioteca através do telefone: 244 769 871, através do site http://biblioteca.cm-batalha.pt (Menu Catálogo) ou através do endereço de Email: biblioteca@cm-batalha.pt

LC: Acha que os livros impressos serão sempre valorizados ou já sofrem com a era da Internet?
BMJTV: Sim.

LC: Que diferenças se notaram na biblioteca nos últimos 5 anos? 
BMJTV: Notou-se um acréscimo substancial de público e requisições domiciliárias.

LC: Que funções a biblioteca desempenha agora, que não desempenhava antes?
BMJTV: Para acompanhar as transformações políticas, sociais e culturais do mundo contemporâneo, a biblioteca, mudou o seu perfil de armazenamento de livros, tornando-se uma instituição mais democrática.

LC: Actualmente, quais as maiores dificuldades que a BMJTV atravessa?
BMJTV: Falta de espaço para acomodar espólio no futuro.

LC: E o que é mais compensador, no meio de tudo?
BMJTV: O trabalho desenvolvido na/ para/com a comunidade.

LC: Como podem as pessoas fazer para receber as novidades (newsletter) da biblioteca no e-mail?
BMJTV: Podem subscrever a newsletter, aqui.

LC: Que mensagem gostaria de transmitir aos leitores desta entrevista?
BMJTV: A Biblioteca MJTS é uma casa onde cabe toda a gente !!!
Nome e cargo de quem respondeu à entrevista:
Marta Antunes, Técnica de Biblioteca

*Fotos do texto retiradas da página facebook e site da biblioteca, excepto se tiverem a minha marca dágua do blog, essas foram tiradas por mim.

4 comentários:

  1. Excelente entrevista! Parabéns a ti e à biblioteca.
    Adorei, uma biblioteca de qualidade onde todos os pormenores contam para bem da comunidade.

    ResponderEliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑