Opinião: Baunilha e Chocolate | Sveva Casati Modignani

30 de novembro de 2015

Sinopse
"Baunilha e chocolate: um contraste de cores e de sabores... que, no entanto, combinam muito bem. Como acontece, por vezes, no amor. Como aconteceu com Penelope e Andrea, duas pessoas de carácter e sensibilidade muito diferentes que, apesar disso, se amaram, casaram, tiveram três filhos e juntos partilharam os altos e baixos de um casamento que dura já há dezoito anos. Mas a certa altura a mágica alquimia quebra-se: Penelope, cansada das muitas e mal disfarçadas traições do marido, desiludida com o seu comportamento egoísta e infantil, abandona-o para reflectir sobre a forma de salvar a sua união e para o deixar a braços com os mil e um problemas da família, que até àquele momento caíram apenas sobre os seus ombros. Agora é a vez de ele superar as dificuldades. Para Andrea é um choque, porque, no fundo, nunca deixou de considerar Penelope como a única mulher da sua vida, aquela com quem sempre pôde contar. Para ambos, a separação é a oportunidade para fazerem um balanço das respectivas existências, para olharem para dentro de si mesmos com uma sinceridade impiedosa e para reviver o próprio passado, tentando compreender a causa de tantos erros e de tantas escolhas mal feitas. Mas neste percurso penoso, emerge pouco a pouco aquilo que ambos sempre souberam: o amor que os uniu ainda está vivo. Ferido, maltratado, resistiu aos assaltos do tempo e pode ainda gerar alegria e felicidade.Cheio de humor na descrição das cenas da vida quotidiana, doce e nostálgico na evocação do passado dos protagonistas, comovente na forma como regista as suas fraquezas tão humanas, Baunilha e Chocolate é a história que todos gostaríamos de ler… para não perder a esperança, para reencontrar a confiança, para compreender mais alguma coisa sobre nós próprios"
Foi um livro que me veio parar às mãos precisamente na altura em que mais precisava de o ler. Um livro que envolvia algo por que eu estava precisamente a passar na minha vida naquela altura.
Mentiras, traições, solidão, sentimento de estar perdida, ter de fazer algo revolucionário para mudar tudo, mas onde encontrar forças para tal? Até que, as que temos a sorte de tal, chega uma altura em que sentimos simplesmente BASTA! E temos de ser nós a mudar as coisas e não ficar à espera que elas mudem ou melhorem sozinhas, pois isso não vai acontecer. Temos de ser NÓS a tomar a iniciativa!

Este é um dos livros da minha vida, mais um que me fez apaixonar pela inteligência, intensidade e diversidade de escrita da Sveva Casati Modignani. A beleza que para mim só ela consegue fazer de contar histórias dentro de histórias dentro de histórias e quando damos por nós estamos completamente embrenhados e viciados no livro, no que vai acontecer, surpreendidos pelo que aconteceu no passado que explica o presente, curiosos com o futuro, este é um daqueles livros que foi como uma droga para mim.

Andava eu a vaguear pela biblioteca, sem encontrar nada que me apetecesse ler (quando estou naquelas fases da vida em que me sinto mesmo no fundo, nem os livros que sempre foram a minha salvação conseguem ser um escape pois simplesmente perco completamente a capacidade de concentração para ler, tal forma apática em que ando), no entanto foi num desses horríveis dias, tendo-me ir refugiar na biblioteca que descobri uma estante cheia de livros antigos e gastos de Sveva, uma escritora cujo um livro eu tinha lido à uns 10 anos atrás mas nunca mais me tinha lembrado do nome da escritora nem encontrado os seus livros, apenas me lembrava da história e quando olhei para aquela estante e os vi parece que o meu coração voltou a bater mais uma vez. E de certa forma assim foi. Pois para mim viver sem ler não é viver e eu já não lia à uns bons meses. E dai nasceu este projecto, este blog e mais as voltas todas que entretanto a minha vida deu, sim… Acreditem ou não… Por causa de um “simples” livro… Numa pequena biblioteca… Parece que ouvi o seu chamamento…

Neste livro encontramos mulheres impressionantes, corajosas, com as suas virtudes e defeitos no entanto cada uma à sua maneira cativante. Umas odiosas, outras admiráveis. Igualmente no que diz respeito aos homens desta história.
Maridos traidores, filhos mal-agradecidos, a realidade das famílias por todo o mundo e o modo como as personagens lidam com isso. Um acontecimento atrás de outro, atrás de outro, atrás de outro, com um ritmo que até se torna sufocante tal é a minha necessidade de continuar a ler mais e mais sem conseguir parar, sem resistir em saber o que vai acontecer a seguir, a história do passado de certas personagens, basicamente um livro que me obcecou e não descansei até o acabar de ler.
E mais importante ainda, me inspirou naquela fase da minha vida, fez-me escrever uma carta muito parecida à carta que aparece logo no início do livro, muito forte e sincera e marcou uma mudança muito importante na minha vida.


Um livro aconselhável a todas as mulheres, principalmente as que sofrem ou já sofreram infidelidades, falta de atenção por parte dos companheiros/filhos/família, que não se sentem felizes com a sua vida, que têm medo de dar um passo em frente, lutar pela mudança, pelo direito à felicidade, um livro inesquecível. 

Um livro que grita: "ACORDA PARA A VIDA!!!"

Podem ler um excerto do livro aqui.

2 comentários:

  1. É isso, Liliana! Como sempre digo: o universo não nos para de surpreender. Seja com livros, coragem, ou a embriaguez do infinito. Voto um carinho muito grande por todo esse universo de gente, que, de uma forma ou de outra, dá vida à cultura neste nosso Portugal. Mas para pessoas como a Liliana, que amam os livros de todo o coração, e que nada recebem em troca, senão a beleza intrínseca do livro e da cultura, muito para além daquelas pessoas que disso fizeram profissão; que roubam ao seu tempo livre horas diárias para enaltecer a cultura, através de blogs como este: obrigado! Obrigado! Obrigado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Embriaguez do infinito", adoro as suas frases José, já na nossa conversa adorei, por isso estou super curiosa em começar a ler o seu livro, que acredito que vai conter esta sua essência :D

      Muito obrigada eu, querido José, pelas palavras, carinho, atenção e disponibilidade, e até muito em breve! ❤

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★
↧↧ ↧↧ ↧↧
✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑